Visualizador de Visitas

OBRIGADA

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

A cada tempestade sobrevivida


Já sobrevivi a tantas tempestades, renasci de tantos abismos, me reencontrei tantas vezes e mesmo assim penso que não tenho tanta força, mas a verdade é que já superei tantas desenganos, tenho acumulada tanta bagagem que recomeçar se tornou meu destino. E assim sigo, florescendo a cada minuto renascendo de dentro para fora. A vida desafia-me e eu aceito a cada desafio dado por ela.

É isso mesmo, para que fazer questão de quem nunca fez a questão para esta comigo? A cada momento percebo que você não faz tanta diferença assim, você era apenas o que eu criei e imaginei que fosse.
Hoje percebo que você é outro não faz diferença nenhuma, sigo o caminho e venço a cada tempestade que cruza o meu caminho.

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Resumo Escolar Era Vargas

A Constituição de 1934, apesar de ter sido desrespeitada com as medidas adotadas, ainda previa a realização de eleições para a sucessão presidencial de 1937. Mesmo com o clima de repressão, iniciou-se uma disputa eleitoral, onde surgiram duas candidaturas: de José Américo de Almeida, paraibano, e de Armando de Salles Oliveira, paulista.
José Américo de Almeida parecia ser o candidato oficial à sucessão do governo. Já Armando de Salles Oliveira representava uma forte oposição liberal para o centralismo varguista, tendo a sua candidatura lançada pelos setores originários do antigo Partido Democrático. Essas eleições também contaram com a participação de um terceiro candidato da Ação Integralista, Plínio Salgado, que recebia uma forte rejeição de todo o eleitorado.
O Golpe do Estado Novo


Getúlio Vargas  por sua vez, apenas aparentava estar colaborando com as eleições presidenciais, mas no fundo, não descartava a possibilidade de se manter por mais tempo no poder e para isso, contava com o apoio de alguns setores da sociedade que se interessavam por mais estabilidade do que a constituição pudesse garantir. Nesse contexto, os interesses do exército estavam totalmente ligados aos interesses de Vargas, vale salientar, que o exército neste período era comandado pelo general Góis Monteiro.
A alta cúpula militar, que era contra o comunismo, nacionalista e que estava preocupada com a segurança nacional, se viu então atraída por uma Solução autoritária para a crise da política do Brasil. A ideia de uma ditadura fundada na influência e na atuação do exército poderia garantir a manutenção de vigorosas políticas de combate às esquerdas.
Além disso, na visão dos militares da época, um forte governo poderia ajudar na implantação de uma indústria pesada, que colaboraria para garantir a segurança dos brasileiros, já que o período era marcado por uma alta tensão internacional. Mas, para que isso fosse possível, era necessário a utilização de um capital nacional, que por ser pouco, deveria ser mobilizado através da mobilização do estado. Criava-se assim, um novo modelo de desenvolvimento da indústria, unido às Forças Armadas.
Os governadores foram os grandes responsáveis pela finalização do golpe que manteve Getúlio Vargas como presidente. Negrão de Lima, por exemplo, conquistou o apoio dos governadores ao percorrer os estados, dando a entender que se o golpe se concretizasse eles se manteriam no poder. Golpe este, que seria dado em nome do combate ao comunismo, que teria por função garantir o apoio dos integralistas e da classe média.
Em setembro de 1937, o governo divulgou o Plano Cohen, um plano comunista redigido por um oficial do exército integralista para assumir o poder no Brasil. Podemos dizer, que o plano, foi o pretexto utilizado para o golpe. Em novembro, Getúlio ordenou que o congresso fechasse, além da suspensão da constituição, da campanha para presidência e a extinção dos partidos políticos. Assim, instalou-se a ditadura do Estado Novo. 

O Estado Novo

A Constituição de 1934 foi abandonada e outra a substituiu, que pretendia que o novo governo tivesse uma aparência de legalidade. Inspirada nas constituições fascistas da Polônia e da Itália, suas principais características eram: centralização política, com o fortalecimento do poder do presidente; extinção do legislativo, o executivo passaria suas funções; subordinação do poder judiciário ao executivo, indicação dos governadores, os conhecidos interventores, dos estados pelo presidente; e legislação trabalhista.
Entretanto, o estado novo não deve ser considerado um regime fascista, já que não havia um partido na qual Vargas fosse componente, característica fundamental do fascismo para que os interesses do povo e do estado fossem identificados. Além disso, apesar da Era Vargas ter sido violento, em nada se assemelha ao excesso que o fascismo europeu exerceu.
Apesar do Golpe e graças ao apelo anticomunista do Plano Cohen, a oposição a ele foi mínima, praticamente inexistente. Pelo golpe do Estado Novo Getúlio Vargas implantou uma ditadura sem disfarces.
Em 1937, os interventores que foram nomeados nos estados eram quase todos governadores, teriam, pelos menos enquanto durasse a ditadura, seu poder eternizado. Quanto ao crescente operariado urbano, a oposição foi nula, isso porque o povo era desde 1935, privado de suas principais lideranças de esquerda e refém do populismo da Era Vargas, e, além de aceitar esse novo regime, mais nada poderia ser feito.
No maio do ano de 1938, ocorreu a Intentona Integralista, uma tentativa que contava com medidas fascistas e autoritárias, para tentar a derrubada do Estado Novo. No golpe de 1937, os integralistas haviam o aplaudido, e em suma, havia sido feito pelo combate ao comunismo. Getúlio Vargas permitiu que os grupos sobrevivessem, sendo até bem tolerante com eles. No entanto, não havia mais ligações com os camisas verdes. Mantidos à margem do governo, tentaram, sem sucesso, assaltar o Palácio Guanabara e derrubar Vargas do poder. Porém, mal organizados, fracassaram. Seguiram-se o exílio de Plínio Salgado e o desaparecimento do movimento integralista.

Era Vargas - Exercícios

  1. A Era Vargas é o período da história nacional em que o Brasil foi governado por Getúlio Vargas. A alternativa que corresponde corretamente à data do período citado é:
    Sua resposta: 
    Resposta correta: 1930-1945
  2. Vargas chegou ao poder por meio de diversas conspirações, após sua derrota nas Eleições de 1930 para o candidato:
    Sua resposta: 
    Resposta correta: Júlio Prestes
  3. A tomada do poder por Vargas e o consequente fim da República Oligárquica é geralmente denominada:
    Sua resposta: 
    Resposta correta: Revolução de 30
  4. Uma característica próxima e marcante do período conhecido como Era Vargas é perceptível ao analisarmos o seguinte aspecto:
    Sua resposta: 
    Resposta correta: A centralização da política na figura do presidente, principalmente nos anos finais do período, o que lembrava características de regimes totalitários europeus.
  5. Um marco importante durante o Governo Constitucional foi a 3ª Constituição Brasileira, na qual ficaram garantidos direitos essenciais para o pleno exercício da democracia. Qual dos direitos abaixo implica diretamente na ruptura com a República Oligárquica?
    Sua resposta: 
    Resposta correta: Voto secreto
  6. A Lei de Nacionalização do Trabalho, instituída logo após a tomada do poder por Vargas, dizia que as fábricas deveriam ter 2/3 de trabalhadores nacionais. Tal lei beneficiava o regime varguista, uma vez que
    Sua resposta: 
    Resposta correta: evitava a propagação de ideias de caráter revolucionário, como o anarquismo e o comunismo, com a limitação da presença de imigrantes.
  7. O pretexto para a implementação do Estado Novo resulta na divulgação do Plano Cohen, anterior a ele um episódio que possivelmente ajudou a propagar a necessidade de uma ruptura democrática foi:
    Sua resposta: 
    Resposta correta: A Intentona Comunista de 1935
  8. A Consolidação das Leis Trabalhistas foi um marco da Era Vargas que ocorreu durante:
    Sua resposta: 
    Resposta correta: O Estado Novo
  9. A entrada do Brasil no conflito que marcou o século XX exerceu grandes impactos dentro da sociedade brasileiras. Entre os afetados estão os chamados Soldados da Borracha, que tinha como objetivo
    Sua resposta: 
    Resposta correta: garantir matéria-prima para os Aliados durante a campanha do Brasil no conflito.
  10. A alternativa que melhor descreve o fim da Era Vargas é:
    Sua resposta: 
    Resposta correta: A contradição existente entre o combate às ditaduras fascistas europeias e a vivência de um regime semelhante em território nacional.

Av 2 - Políticas Públicas da Educação de Surdos no Contexto da Inclusão

1) O Brasil, a partir deste documento, reforça sua adoção ao paradigma da inclusão e confirma os instrumentos normativos internos e internacionais, para efetivação dos direitos educacionais constitucionalmente consagrados. À qual documento o texto se refere?

Alternativas:
  • a)
    Ordem Nacional da Educação Inclusiva e Educação Especial na Educação Infantil.
  • b)
    Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva.
    Alternativa assinalada
  • c)
    Política de Reabilitação para Surdos e Mudos do Brasil.
  • d)
    Decreto de Lei para Educação Especial.
  • e)
    Política Nacional de Inclusão Educacional.
2)
Leia e analise as afirmações abaixo e indique (V) verdadeiro ou (F) falso:
( ) Seguindo a lógica da inclusão, o aluno surdo deve "correr" para se homogeneizar aos alunos ditos normais.
( ) Os sistemas educacionais, neles compreendido todo ambiente de formação e educação do aluno surdo, não devem atender às especificidades de cada um no desenvolvimento do processo educacional.
( ) O currículo da escola inclusiva, para além do uso e ensino da língua de sinais e da língua portuguesa, precisa contemplar também as experiências visuais e a disponibilidade de livros didáticos acessíveis.
( ) Na escola inclusiva, garante-se o oferecimento da Libras para a comunidade escolar, favorecendo a interação entre alunos surdos e ouvintes.
Assinale a alternativa que indica a sequência correta

Alternativas:
  • a)
    V – V – V – V.
  • b)
    V – V – F – V.
  • c)
    V – F – V – F.
  • d)
    F – F – V – V.
    Alternativa assinalada
  • e)
    V – V – F – F.
3)
O Atendimento Educacional Especializado (AEE) deve, além de integrar a proposta pedagógica da escola, envolver a participação da família, atender às necessidades específicas das pessoas do público-alvo da educação especial, bem como, ser realizado em articulação com as demais políticas públicas. Sobre o AEE, assinale a alternativa correta:

Alternativas:
  • a)
    Consiste em uma série de atividades multiprofissionais e multidisciplinares que visam atender as demandas de toda a comunidade estudantil e garantir o melhor desempenho daquele alunado.
  • b)
    O AEE ocorre somente com o custeio de ONG"s ou em escolas particulares, por isso, representa, ainda, uma forma desigual de tratamento entre alunos com dificuldades de aprendizagem, pois não garantem inclusão.
  • c)
    Consistente no conjunto de atividades, recursos de acessibilidade e pedagógicos, organizados institucional e continuamente e prestados de forma complementar à formação dos alunos no ensino regular.
    Alternativa assinalada
  • d)
    O AEE é um serviço prestado às escolas por empresas de consultoria, visando tornar a escola mais acessível, porém tal serviço foca-se apenas nas estruturas físicas e não garante mudanças pedagógicas.
  • e)
    O AEE consiste no conjunto de atividades direcionadas aos não surdos. Tais atividades objetivam proporcionar uma gama diferenciada de experiências e vivências que sensibilize os não surdos para a inclusão dos surdos.
4)
Como é conhecido o Exame Nacional para Certificação de Proficiência no Ensino da Língua Brasileira de Sinais e para Certificação de Proficiência em Tradução e Interpretação de Libras/Língua Portuguesa, delegado pelo MEC, nos termos da Portaria Normativa de 08/10/2010?

Alternativas:
  • a)
    PROLIBRAS.
    Alternativa assinalada
  • b)
    ENAC.
  • c)
    ENALIBRAS.
  • d)
    CPTI.
  • e)
    Pro-ENAC.
5)
Complete as lacunas a seguir:
Para os fins do Atendimento Educacional Especializado é mister ainda a introdução de conhecimentos que possam fundamentar os professores na reorientação das suas ________________ e o desenvolvimento de aprendizagem _______________ e ________________ necessária para que possam ocorrer mudanças neste atendimento.
Assinale a alternativa correta:

Alternativas:
  • a)
    Ações; continuada; progressiva.
  • b)
    Intensões; focada; orientada.
  • c)
    Falas; especial; inclusiva.
  • d)
    Práticas; participativa; colaborativa.
    Alternativa assinalada
  • e)
    Turmas; coletiva; individual.

Av 1 - Políticas Públicas da Educação de Surdos no Contexto da Inclusão

1)
Leia e analise o trecho:
"Na perspectiva da educação inclusiva, a _______________ é inserida e definida como modalidade de ensino transversal a todos os níveis, etapas e modalidades, que disponibiliza _______________ e realiza o Atendimento Educacional Especializado - AEE - de forma complementar ou suplementar à formação dos alunos com necessidades especiais, superando-se antigas concepções segregacionistas, ______________ e clínico-patológicas".
Assinale a alternativa que preenche as lacunas corretamente:

Alternativas:
  • a)
    Formação complementar; cronogramas; inclusivas.
  • b)
    Educação especial; recursos; assistencialistas.
    Alternativa assinalada
  • c)
    Capacitação profissional; tarefas; separatistas.
  • d)
    Formação educacional; conteúdos; solidárias.
  • e)
    Educação permanente; meios; informativas.
2)
Leia e analise as duas afirmativas abaixo:
1ª – No cenário da Educação Inclusiva, já não basta a igualdade de oportunidades formalmente reconhecidas nos dispositivos legais.
PORQUE
2ª – A produção de projetos pedagógicos sob este viés objetiva a promoção da consubstanciação de seus direitos nas práticas e ambientes escolares, eliminando as barreiras ao seu desenvolvimento escolar, cultural e social e propiciando de fato o exercício da cidadania.
Analisando as afirmações acima, conclui-se que:

Alternativas:
  • a)
    As duas afirmações são verdadeira e a segunda justifica a primeira.
    Alternativa assinalada
  • b)
    As duas afirmações são verdadeiras e a segunda não justifica a primeira.
  • c)
    A primeira afirmação é verdadeira, mas a segunda é falsa.
  • d)
    A primeira afirmação é falsa e a segunda é verdadeira.
  • e)
    As duas afirmações são falsas.
3)
Inaugurando uma nova ordem constitucional, sob os ideais da democracia, a Constituição da República Federativa do Brasil foi promulgada em 5 de outubro de 1988. Em relação à Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, é correto afirmar:
I. Promove o bem de todos sem preconceitos ou quaisquer formas de discriminação.
II. Preceitua nossa Carta Magna sua orientação à luz do princípio dos direitos do homem.
III. Todos são iguais perante a lei, garantindo-se exclusivamente aos brasileiros a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade.
São corretas apenas as afirmações:

Alternativas:
  • a)
    I.
  • b)
    I; II.
    Alternativa assinalada
  • c)
    II.
  • d)
    I; II e III.
  • e)
    III.
4)
Este estatuto reafirmou direitos e princípios da educação constitucionalmente consagrados, tipificou atos de infração, dentre outros. À qual Estatuto a afirmação se refere?

Alternativas:
  • a)
    Estatuto do Idoso.
  • b)
    Estatuto da Infância e Juventude.
  • c)
    Estatuto Social.
  • d)
    Estatuto da Criança e do Adolescente.
    Alternativa assinalada
  • e)
    Estatuto do Aluno e Ética Escolar.
5)
O direito à universalização do ensino com a garantia de educação básica obrigatória e gratuita dos quatro aos dezessete anos de idade, organizada na forma de pré-escola, ensino fundamental e ensino médio foi garantido em qual lei?

Alternativas:
  • a)
    Lei Nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996.
    Alternativa assinalada
  • b)
    Lei Nº 10.639, de 09 de janeiro de 2003.
  • c)
    Lei Nº 11.340, de 7 de agosto de 2006.
  • d)
    Lei nº 11.645, de 10 de março de 2008.
  • e)
    Lei nº 12.796, de 4 de abril de 2013.