Visualizador de Visitas

OBRIGADA

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Elenco de "Império" aposta em Silviano como o grande vilão da novela

Silviano é cotado como vilão de "Império"
Silviano (Mordomo - Império)

Não é só o telespectador de "Império" que está ansioso para descobrir quem é a pessoa que comanda a vingança de Maurílio (Carmo Dalla Vecchia). Em uma pesquisa realizada o Silviano (Othon Bastos) segue disparado na liderança do posto de suspeito número um, por isso que o Blog esta com uma pesquisa de opinião do público telespectador para saber a sua opinião. Como o autor adiantou em seu blog, o mordomo já foi casado com Maria Marta (Lilia Cabral), segredo que será descoberto nos próximos capítulos por Lorraine (Dani Barros), a serviço de Teo Pereira (Paulo Betti).

"Estou sentindo que ele leva jeito para ser o grande vilão. Ele sabe de tudo que acontece ali", afirma Paulo Betti, o Teo Pereira da trama das nove. Joaquim Lopes diz que apostaria no mordomo também. "Sempre que tem uma cena mais forte, ele tem um olhar diferente, de quem está sempre observando tudo. Ele é o maior suspeito, mas acho que o Aguinaldo vai subverter as expectativas", analisa o intérprete do chef Enrico. Letícia Birkheuer, a jornalista Érika, engrossa o coro. "Ele é muito fiel à Marta. Na concepção dele, o Comendador não merece a vida que tem", afirma.

Caio Blat, o José Pedro da novela, também faz parte do time que acredita que a culpa é do mordomo. "Silviano tem muitos segredos", diz. Já Adriana Birolli, que vive a interesseira Amanda, aposta no envolvimento do empregado no esquema contra o Comendador (Alexandre Nero), mas com ressalvas. "Mordomo sempre tem culpa no cartório. Acho que ele está envolvido, mas não consigo vê-lo como mandante. Talvez ele esteja ajudando ao passar informações", arrisca.

Silviano fica arrasado ao relembrar o primeiro casamento de Maria Marta

Com a orelha coçando após tantas especulações, Othon se diverte ao se imaginar como vilão. "Como ator seria extraordinário. Imagina esse homem, vivendo naquela casa a 25 anos, tratando todo mundo bem por tanto tempo, e de repente ele é um facínora! Seria um prato cheio", afirma ele, que, no entanto, faz questão de ressaltar que Aguinaldo não faz escolhas óbvias.

Por isso, o ator aposta suas fichas em outro personagem: Reginaldo (Flávio Galvão). "Ele está sempre desaparecido, já foi do garimpo, conhece o Comendador. E a gente não dá nada por ele", justifica. Marta, no entanto, não pode ser riscada da lista de suspeitos, segundo ele. "Ela já tentou trair o marido uma vez, tirando o império dele. E se ela estiver jogando com o Maurílio?", questiona.

Outra revelação feita por Aguinaldo respalda essa teoria: ao jornal "O Globo", o autor disse que a voz do outro lado do telefone pode ser, sim, de uma mulher. Com a lista ainda mais ampla, Leandra Leal pensa em alguém que não aparece na trama desde a primeira fase da novela. "Não sei. Se poderia ser uma mulher... Talvez a personagem da Regina Duarte?", diz ela, referindo-se a Maria Joaquina, que ajudou José Alfredo no início de sua carreira como contrabandista de joias.

Cris Vianna também cogita essa hipótese. "Ela pode muito bem ser a cabeça por trás disso tudo. Como é que o Maurílio chegou ao Comendador? Tem a história do dinheiro na Suíça... Ela seria a ponte perfeita", explica. No entanto, o polígamo da novela também tem suas chances, segundo a atriz. "Nunca achei que Maurílio fosse filho do Sebastião (Reginaldo Faria), como ele dizia. Pra mim, ele é filho do Reginaldo, que some e aparece o tempo todo", afirma a intérprete de Juju Popular.


No entanto, outros nomes menos cotados, como Cora (Drica Moraes) e Isis (Marina Ruy Barbosa) também foram cogitados. Daniel Rocha, o João Lucas da trama, aposta que a personagem vivida por Marjorie Estiano é, na verdade, uma impostora, e que está ligada ao biólogo e seu plano de vingança. "Acho que a verdadeira Cora está por trás disso tudo e tem controle sobre eles", arrisca. Já Josie Pessoa, intérprete de Du, vai ainda mais longe. "Pode ser até a Isis. Vai que ela puxou a mãe e ninguém sabe? É a mais improvável", afirma.

Agricultores do Sertão de PE recebem palma mais resistente à praga

Palma Orelha de Elefante (Foto: IPA Petrolina/Divulgação)
Palma Orelha de Elefante (Foto: IPA Petrolina/Divulgação)

Uma alternativa para alimentação forrageira do rebanho, a palma, uma espécie de planta da Caatinga, é muito utilizada durante os períodos de estiagem no Sertão pernambucano. Porém com o ataque da principal praga, a cochonilha, parte do plantio era dizimado. Para tentar solucionar o problema, o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) desenvolveu há três anos uma variedade modificada da planta, mais resistente à seca e à praga.


Animais alimenta-se da planta no período da estiagem (Foto: IPA Petrolina/Divulgação)
Animais alimentam-se da planta
no período da estiagem

A nova palma é a Orelha de Elefante Mexicana e a variedade já começou a ser distribuída aos criadores de animais neste ano. As raquetes ou mudas são entregues anualmente pelo Instituto que atua em seis municípios: Petrolina, Orocó, Santa Maria da Boa VistaLagoa Grande, Dormentes e Afrânio, todos no Sertão do estado.

Este ano foram cortadas e estocadas 216 mil raquetes e somente em Petrolina, estão sendo distribuídas 36 mil. Os interessados em adquirir as mudas devem fazer o cadastro nas associações de sua cidade ou ir à sede do IPA. A prioridade é que as plantas sejam voltadas para criadores da agricultura familiar que morem em área de sequeiro.

Palma é plantada por agricultores para aumentar a renda familiar (Foto: IPA Petrolina/Divulgação)
Palma é plantada por agricultores para aumentar a renda familiar

Além de servir como forragem, as palmas Orelha de Elefante Mexicana também estão servindo para aumentar a renda de agricultores. Alguns deles estão destinando parte da área para a plantação da variedade. “Temos um exemplo de um agricultor que pegou conosco apenas uma folha e atualmente planta um hectare da palma. Ele alimenta seu rebanho, dá parte aos vizinhos que não têm e ainda consegue vender a R$ 1 cada folha. Ele já conseguiu comercializar duas mil folhas”, disse o supervisor regional do IPA, Marcos Henrique Jerônimo.


A distribuição das raquetes de palma é feita uma vez ao ano, segundo Jerônimo, e acontece sempre neste período quando começa a chover no Sertão pernambucano. A previsão é de que todo o estoque seja distribuído até o início de março.

Campanha contra HPV começa na próxima segunda (2) em Petrolina, PE

Cerca de 2 mil meninas em Ipatinga não tomaram a segunda dose da vacina de proteção contra o HPV (Foto: Divulgação/PMI)

Começa na próxima segunda-feira (2) a Campanha Nacional de Vacinação contra o Papilomavírus Humano (HPV). Em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, ainda não há um levantamento do número de meninas que devem ser imunizadas, pois a faixa etária, que antes era de 11 a 13 anos de idade, foi modificada para garotas de 9 a 11 anos, 11 meses e 29 dias.

Este é o segundo ano da campanha, que foi iniciada pelo Ministério da Saúde em todo o país no dia 10 de março de 2014. Todas as unidades de Atendimento Médico Especializado (AME) já estão sendo abastecidas com as cerca de 4 mil doses restantes da última campanha, pois o município ainda não recebeu as novas vacinas. “Muitas meninas que tomaram a primeira dose na primeira campanha não voltaram para tomar à segunda, mas elas ainda podem procurar”, afirmou a coordenadora do Programa Nacional de Imunização (PNI) no município, Jeane Moraes.

A imunização contra o HPV acontece em três doses. “A segunda deve ser tomada seis meses após a primeira e a terceira após cinco anos da primeira dose”, afirmou Jeane. Segundo a coordenadora do PNI, apenas 33% das meninas procuraram as unidades de saúde do município para tomar a segunda dose. “A vacina não surte efeito com dose única e é por isso que as jovens que tomaram a primeira deve procurar um posto de saúde para dar continuidade”, disse.

A vacinação contra o Papilomavírus Humano (HPV) é polivalente e protege contra o câncer do colo do útero. O HPV é o terceiro tipo da doença que mais mata mulheres no Brasil. Os sintomas só aparecem quando ela já está em estágio avançado.

Os postos de saúde serão abastecidos durante a próxima semana, a depender da demanda. As unidades da Zona Rural de Petrolina funcionam de 7h às 14h. Na Zona Urbana, os postos ficam abertos à população de 8h às 17h.

G1 entrou em contato com a Secretaria de Saúde do Estado de Pernambuco para saber se ocorreu problema na distribuição das novas doses e foi informado que “houve um problema com o veículo que faz a entrega dos insumos, mas que a situação já foi resolvida”. As vacinas foram enviadas para a sede da VIII Gerência Regional de Saúde (Geres), em Petrolina, na quinta-feira (26) e a previsão é que a entrega aos municípios seja feita já nessa sexta-feira (27).

Estratégias

Segundo a coordenadora do PNI, a Secretaria de Saúde de Petrolina está procurando as escolas para fazer uma busca ativa das meninas que possuem idade de 9 a 12 anos para agilizar a vacinação e conseguir atingir a meta mais rápido.




Mãe de menino encontrado morto pode ser indiciada por abandono

A mãe da criança de oito anos, encontrada morta na última semana, em Belém do São Francisco, no Sertão de Pernambuco, pode ser indiciada pela polícia, por abandono de incapaz. O corpo do menino foi localizado na Fazenda Canta Galo, Zona Rural da cidade, por um morador da localidade. A criança estava desaparecida há cerca de 10 dias e ninguém da família deu queixa na delegacia sobre o desaparecimento. Um adolescente de 16 anos confessou o crime.

De acordo com o conselheiro tutelar Charles Sá, o órgão vinha acompanhando a criança há três anos, porque havia relatos que o menino era vítima de maus tratos causados pela mãe. “A gente sabe que era uma mãe que ingeria álcool constantemente, não sendo registrado em nenhum momento ou ocasião agressões físico a essa criança, mas como não era uma mãe cuidadosa, e de certa forma deixava a desejar a orientação e encaminhamento ao menor”, esclarece.

Para a polícia, o fato da família não ter denunciado o desaparecimento para a própria polícia e nem para o Conselho Tutelar, atrapalha o desenrolar da situação. “Esse fato  atrapalha as investigações, tendo em vista que a criança já estava desaparecida há dez dias e os genitores só vieram se manifestar quando o corpo apareceu, alegando que estava desaparecida há dois dias”, explica o delegado Roberto Fonseca.


Devido ao abandono por parte da mãe, a guarda da criança foi entregue legalmente ao pai do menino, por meio de um Termo de Entrega Provisória, mas poucos dias depois o garoto voltou a morar com a genitora. Em julho do ano passado, outro termo foi entregue e a criança deveria estar sob os cuidados do pai.

“Quando tomamos conhecimentos, a criança estava de posse da genitora, o que não poderia acontecer porque o Conselho Tutelar já havia aplicado duas medidas protetivas em favor da criança, entregando a guarda ao genitor”.

Segundo a polícia não há indícios de que a mãe esteja envolvida no crime, mas ela poderá ser punida por abandono de incapaz “Apesar de desaparecida, os pais, os responsáveis não procuraram os órgãos competentes”, ressalta o delegado Roberto.


Segundo a Polícia Civil, o adolescente de 16 anos suspeito de ter praticado o crime, confessou ter abusado sexualmente a criança e em seguida ter assassinado a vítima. Ainda de acordo com informações da polícia, um adulto que estava com ele no momento do crime ainda será ouvido. E o morador da fazendo que havia encontrado o corpo e estava preso como suspeito, foi liberado.

Soldados fazem treinamento em águas geladas na China



Treinamento de militares chineses (Foto: Associated Press/AP)
Treinamento de militares chineses 


Soldados do Exército de Libertação do Povo da China participaram nesta quinta-feira (26) de um treinamento de resistência em águas geladas em Heihe, no nordeste do país.

Apenas vestindo calças, eles tiveram que superar a corrente de água gelada como parte de um treinamento para melhorar a capacidade dos soldados de completar suas tarefas sob situações climáticas extremas.


Treinamento de militares chineses na neve (Foto: Associated Press/AP)
Treinamento de militares chineses na neve 


Móveis feitos com árvores caídas nos temporais ocuparão vagas de carros



Os fortes ventos que acompanharam os temporais na atual estação de chuvas ajudaram a derrubar mais de 1.700 árvores na cidade de São Paulo e algumas delas estão sendo reaproveitadas para virar móveis para a cidade.

Segundo a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, todas as madeiras provenientes das árvores que caem nos parques municipais são reaproveitadas. O problema acontece quando elas caem nas ruas e praças. Segundo a Secretaria das Subprefeituras, a "queda atípica" dos últimos meses em razão de ventos de mais de 90 km/h fez com que exemplares se acumulassem sem lugares para ser estocados.

Artistas e empresas da cidade apresentam projetos para reutilizar essas árvores em parques, praças e ruas. Até parklets, espaços de convívio construídos onde antes havia vagas de Zona Azul para carros nas ruas, vão receber móveis feitos com essas árvores.

Não é um entulho. “Ela teve seu ciclo e ainda pode ser útil para os outros”

Sérgio Cabral, diretor da Urbanit

Duas delas, que foram removidas na Lapa, na Zona Oeste, após serem afetadas pelas chuvas, estão sendo trabalhadas em um galpão em Cotia para integrar um parklet que deverá ser instalado na região central de São Paulo.

“Não é um entulho. Ela teve seu ciclo e ainda pode ser útil para os outros”, afirma Sérgio Cabral, diretor da Urbanit, que desenvolve o projeto.

Ele explica que as árvores, após chegarem ao galpão da empresa, foram limpas e cortadas. A seiva avermelhada ainda líquida deixou um rastro no móvel do que um dia já foi uma árvore viva.

Segundo Cabral, a ideia é não aplicar nenhuma resina para manter um aspecto natural. “As pessoas podem sentir a árvore assim, não fica um móvel todo seladinho”, afirma. Ele diz ainda que o móvel não estraga em um período de três anos, que é também o prazo pelo qual empresas recebem autorização para instalar os parklets.

Esse novo tipo de serviço na cidade já existe em locais como a Rua Padre João Manuel, perto da Avenida Paulista. Ele conta com bancos e paisagismo.

Árvore retirada da Lapa sendo transformada em móvel para parket (Foto: Márcio Pinho/G1)

Ibirapuera

O Parque Ibirapuera já tem 16 obras feitas desde 2010 pelo escultor mobiliário Hugo França. Seu último projeto foi feito a partir de um eucalipto que caiu morreu em dezembro, possivelmente em razão de um raio.

É um resíduo que acaba indo para aterros. “Mas essa não é a maneira mais coerente de descarte”

Hugo França, artista.
O mais novo banco do artista foi feito a partir de um eucalipto de 35 metros de altura e 30 toneladas. França conta que o banco foi esculpido com um motosserra. A árvore tinha pelo menos 50 anos e recebeu um tratamento com lixa e verniz para ter durabilidade, já que a variação de umidade afeta a madeira, conta. Dois guindastes precisaram ser usados na operação, e a escultura foi doada ao parque. O móvel foi levado para o Largo da Batata, em Pinheiros.

A ideia de França é aproveitar cada vez mais árvores em toda cidade, inclusive no Ibirapuera, e fazer uma parceria com a Prefeitura de São Paulo para promover um grande programa de aproveitamento dos restos das árvores nos espaços públicos da cidade.

“É um resíduo que acaba indo para aterros. Mas essa não é a maneira mais coerente de descarte”, conta. “Um dos efeitos benéficos para o meio ambiente é a manutenção do gás carbônico armazenado nas árvores.”

Só no dia 29 de dezembro, 25 árvores do parque caíram. A região é considerada uma área de alta incidência de raios. Na cidade, 800 mil pessoas sem energia em razão das várias árvores que caíram na fiação.

Banco do Parque Ibirapuera que permite ao usuário se deitar (Foto: Márcio Pinho/G1)

Para o diretor do Parque do Ibirapuera, Heraldo Guiaro, o aproveitamento das árvores permite oferecer não apenas um mobiliário, mas também “uma vivência”. “As pessoas descobrem a escultura. As crianças aproveitam de forma lúdica. Pais e filhos brincam juntos”, disse.

Um exemplo disse, segundo França, é um banco que permite aos frequentadores deitar. “É uma experiência sensorial.” Outra escultura bastante disputada no parque é uma composta de um tronco de árvore e redes, uma das favoritas das crianças.

Secretaria

Segundo a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, todas as madeiras provenientes das árvores que caem nos parques municipais são reaproveitadas na confecção de "bancos, brinquedos para playground, totens, mini viveiros, entre outros itens que contribuem para as melhorias da infraestrutura dos parques municipais."

Já as árvores que caem nas ruas e praças são normalmente reutilizadas para compostagem e adubação de mudas e praças. Ainda segundo a secretaria, a administração trabalha para ampliar a capacidade de reutilização da madeira, expandindo a ação que já é feita por 28 das 32 subprefeituras.

Escultura que está entre as preferidas das crianças no parque (Foto: Márcio Pinho/G1)

Banco do Parque Ibirapuera que permite ao usuário se deitar (Foto: Márcio Pinho/G1)



Criança sobrevive a queda do 10º andar de prédio em Campinas, SP











Um garoto de 10 anos caiu do décimo andar de um prédio residencial nesta tarde de quinta-feira (26), em Campinas (SP). De acordo com a Polícia Militar, na queda a criança bateu no telhado do estacionamento antes de chegar ao chão. Ela foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada consciente pelo helicóptero Águia para o Hospital das Clínicas da Unicamp.
Segundo o Corpo de Bombeiros, a criança caiu da janela do quarto, que fica na área de serviço da cobertura duplex onde mora, no Jardim Paineiras. No local havia rede de proteção, mas ela estava cortada.
Apenas a empregada estava no apartamento no momento da queda. Ela afirmou à polícia que estava limpado a parte superior da residência e que só teria percebido algo errado ao ouvir um barulho muito alto.
Menino de 10 anos é socorrido após queda do décimo andar em Campinas (Foto: Reprodução/ EPTV)Menino de 10 anos é socorrido após queda do 10º
andar em Campinas (Foto: Reprodução/ EPTV)
Fratura no quadril
De acordo com o HC, o garoto teve uma fratura no quadril e pequenos ferimentos, mas o estado de saúde dele é estável. Ele passou por uma série de exames, mas nenhum apontou alguma lesão mais grave. No entanto, o menino deve permanecer entubado na UTI de 12 a 24 horas por precaução.

Perícia
Equipes da polícia e da perícia estiveram no prédio depois da ocorrência. Os peritos analisaram o local de onde a criança caiu e também tiraram fotos da rede de proteção. A PM informou que apesar de estar consciente, a criança não conseguiu explicar o motivo da queda.

O caso está sendo apresentado no 4º distrito policial de Campinas. Às 19h30 prestavam depoimento na delegacia o porteiro do prédio e a empregada que estava com a criança. Segundo a polícia, todas as hipóteses estão sendo investigadas, inclusive, a de que o menino teria se jogado.
Tela de proteção rasgada após queda do décimo andar de garoto em Campinas (SP) (Foto: Reprodução/ EPTV)Tela de proteção rasgada após queda do 10º andar de garoto em Campinas (SP) (Foto: Reprodução/ EPTV)

 

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Miss Turquia 2006 é presa e processada por post no Instagram

A modelo e Miss Turquia 2006, Merve Buyuksarac (Foto: Reprodução/Instagram/mervebuyuksarac)A modelo e Miss Turquia 2006, Merve Buyuksarac 


A modelo e Miss Turquia 2006, Merve Buyuksarac, pode ser condenada a uma pena de até dois anos de prisão por ter publicado em sua conta do Instagram um poema satírico que, segundo as autoridades, insultou o presidente Recep Tayyip Erdogan.
Segundo advogado da modelo, Emre Telci, um promotor de Istambul demandou que a jovem seja processada por insultar um integrante do poder público. Uma corte local ainda vai decidir se o julgamento irá adiante.
Merve foi presa em janeiro após reproduzir em sua conta do Instagram um poema satírico. Ela nega ter insultado Erdogan.
A publicação foi apagada, mas segundo o jornal turco “Hurriyet Daily News”, tratava-se de um texto satírico nomeado “O poema do mestre”. Ele apareceu inicialmente em uma revista satírica turca que se orgulha de tirar sarro do poder político turco e de Erdogan em particular.
A miss se tornou a última figura a ser processada por insultar Erdogan, em meio a um medo de que o país esteja caminhando para um poder autoritário.
Nos anos recentes, a Turquia retirou liberdades de imprensa, perseguiu posts em redes sociais e processou centenas de pessoas envolvidas em protestos contra o governo.

Decisão de juiz de tirar WhatsApp do ar no Brasil gera comentários na web

A decisão do juiz Luis Moura Correia, da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina, Piauí, de determinar que empresas de telefonia suspendam temporariamente em todo o Brasil o acesso ao aplicativo de troca de mensagens instantâneas WhatsApp gerou comoção nas redes sociais.
No Twittter, hastags e termos ligados a decisão figuravam entre os assuntos mais comentados da rede na manhã desta quinta-feira (26). Alguns se lamentavam sobre o possível bloqueio, comentando o que fariam sem o aplicativo com a hashtag #SemWhatsAppEu. Outros usuários também mencionaram o aplicativo Telegram, que seria uma alternativa ao WhatsApp se ele for mesmo proibido de funcionar no país.
Entenda o caso

O Núcleo de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Piauí informou que o juiz Luis Moura Correia, da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina, determinou que empresas de telefonia suspendam temporariamente em todo o Brasil o acesso ao aplicativo de troca de mensagens instantâneas WhatsApp.

Em nota para a imprensa divulgada nesta quarta-feira (25), o Núcleo de Inteligência diz que o mandado judicial foi expedido em 11 de fevereiro, após a empresa se negar a dar informações para uma investigação policial.
Também segundo a delegada da Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA), Ana Kátia Esteves, afirma que todas as empresas de telefonias foram notificadas sobre a suspensão do serviço ainda no mês de fevereiro deste ano e que elas vêm descumprindo a ordem.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Decisão de Juiz do Piauí manda tirar WhatsApp do ar em todo o Brasil

O Núcleo de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública do Piauí informou que o juiz Luiz Moura Correia, da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina, expediu decisão mandando que uma empresa de telefonia suspenda temporariamente em todo o Brasil o acesso ao aplicativo de troca de mensagens instantâneas WhatsApp. Em nota para a imprensa divulgada nesta quarta-feira (25), o Núcleo de Inteligência diz que o mandado judicial foi expedido no dia 11 de fevereiro, após a empresa se negar a dar informações para uma investigação policial.
Nota Whattsapp (Foto: Divulgação)
Nota do Núcleo de Inteligência da Secretaria de
Segurança (Foto: Divulgação)
A informação também foi repassada pelo delegado geral do Piauí, Riedel Batista. "Existe um inquérito na Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA) e a delegada precisou de informações contidas no WhatsApp para embasar o caso e o aplicativo se negou a dar. O juiz determinou que as informações fossem prestadas e mesmo assim o aplicativo se negou", disse.
O G1 procurou o WhatsApp para tratar sobre a decisão judicial, mas a empresa ainda não se pronunciou sobre o assunto.

A nota do Núcleo de Inteligência da Secretaria de Segurança disse que os os “processos judiciais que originaram as referidas decisões tiveram início desde o ano de 2013, mas até o presente momento data (25) os responsáveis pelo WhatsApp não acataram as ordens judiciais”. A nota afirmou também que o mandado judicial foi encaminhado para as operadoras de telefonia móvel para que seja cumprido. O documento foi assinado pelos delegados Alessandro Barreto Gonçalves, Éverton Ferreira Almeida e Daniel Pires Ferreira.


"A Polícia Civil não sabe de muita coisa, pois ela só deu encaminhamento ao mandado do juiz para os órgãos competentes. Não sabemos quando o aplicativo deverá deixar de funcionar e nem por quanto tempo", disse o delegado geral, Riedel Batista.
Delegada diz que desde 2013 WhatsApp não vem colaborando com as investigações (Foto: Fernando Brito/G1)Delegada Ana Kátia disse investigações ocorrem
desde 2013 
A delegada da Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA), Ana Kátia Esteves, em coletiva para a imprensa, disse que todas as empresas de telefonias foram notificadas sobre a suspensão do serviço ainda no mês de fevereiro deste ano. Ainda de acordo com ela, as empresas vêm descumprindo a ordem e cabe ao Núcleo de Inteligência o acompanhamento para o cumprimento das decisões judiciais.
"O procedimento de solicitação das informações junto ao WhatsApp vem desde 2013 quando o inquérito foi instaurado. A empresa não vem cumprindo as solicitações desde então, por isso, o juiz entrou com uma representação através da decisão judicial de suspensão do serviço no país.
Ainda segundo a delegada, se a decisão de tirar aplicativo do ar não for atendida, pode caracterizar-se crime de descumprimento de ordem judicial, mas "quem vai decidir é o juiz", afirmou.

O juiz Luiz Moura Correia, autor da decisão, afirmou que não poderia dar informações sobre o caso já que o despacho se refere a um processo que corre em segredo de Justiça.

Modelo do ES morre ao cair de 21º andar de prédio no RJ, diz família

Lucilene Miranda era natural de Vitória, no Espírito Santo (Foto: Arquivo Pessoal)Lucilene Miranda era natural de Vitória, no Espírito Santo (Foto: Arquivo Pessoal)







Uma modelo e fotógrafa de 33 anos, natural do Espírito Santo, morreu após cair  do 21º andar do prédio onde morava com o namorado na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, segundo a família. O caso aconteceu na noite de sábado (21). O corpo de Lucilene Miranda foi enterrado na manhã desta quarta-feira (25) no cemitério de Santa Inês, em Vila Velha, na Grande Vitória. De acordo com a Polícia Civil do Rio de Janeiro, o local já foi periciado e as imagens do circuito interno analisadas. As investigações estão em andamento.
Modelo Lucilene Miranda (Foto: Arquivo Pessoal)Modelo Lucilene Miranda
(Foto: Arquivo Pessoal)
Lucilene morava há 15 anos no Rio de Janeiro. Um dos irmãos dela, Lizandro Miranda contou que acompanhou o início das investigações no Rio de Janeiro. Segundo ele, a polícia trabalha com várias hipóteses para a morte, mas a família não acredita em suicídio. “Ela era muito ativa, viajava muito, ia até fechar um evento por esses dias, tinha planos. De repente acontece isso, a gente não consegue acreditar. Ainda não está muito claro nem para a polícia”, disse.
O fotógrafo Rodolfo Rocha, namorado de Lucilene, que morava há cerca de três meses com a modelo, contou ao Gazeta Online que estava na área de lazer do prédio no momento do acidente. "Quando eu subi, vi o corpo dela lá embaixo", contou, em prantos.
Rodolfo também disse não acreditar em suicídio. "Estamos todos muito abalados. Ela era uma pessoa muito alegre, sempre contente, do bem mesmo. Não temos porque acreditar em suicídio", disse, emocionado.
Por meio de nota, a Polícia Civil do Rio de Janeiro informou que "as investigações estão em andamento para apurar as circunstâncias do fato. Foi realizada perícia no local e testemunhas estão sendo ouvidas. As imagens do circuito interno foram analisadas e os agentes aguardam o resultado dos laudos periciais".

Anderson Silva deixa de aparecer em comerciais após caso de doping

Comercial da Budweiser com Anderson Silva deixou de ser exibido na TV aberta (Foto: Reprodução/YouTube)Comercial da Budweiser com Anderson Silva deixou de ser
exibido na TV aberta (Foto: Reprodução/YouTube)
O lutador Anderson Silva praticamente desapareceu das propagandas na TV após ser flagrado em exame antidoping. Levantamento do Controle da Concorrência, empresa que monitora o mercado publicitário, mostra que até o dia 23 de fevereiro, o atleta apareceu em apenas 3 comerciais nos intervalos da TV aberta. Já em janeiro, o Spider foi protagonista de 103 inserções.
Em janeiro, antes de voltar ao octógono, Anderson Silva apareceu em 97 comerciais da Budweiser e em 6 da HDI Seguros. Ele lutou no dia 31 de janeiro.
De acordo com o Controle da Concorrência, em fevereiro, o garoto-propaganda apareceu em apenas uma inserção da marca de cerveja da Ambev, exibida no dia 1 de fevereiro, e em dois comerciais do Grupo HDI, veiculados nos dias 3 e 4 de fevereiro.
A Ambev não comentou o assunto. No canal da marca do YouTube, a propaganda com Anderson Silva permanecia como o vídeo principal.Segundo o ranking das celebridades que mais aparecem em propagandas, Spider caiu da 32ª colocação em janeiro para 73ª colocação em fevereiro, aponta o Controle da Concorrência.
O grupo HDI disse que contratou o atleta para uma campanha específica por tempo limitado e que a entrada do novo comercial com o nadador Cesar Cielo como garoto-propaganda já estava prevista.
Patrocínios estão mantidos, diz assessoria
Procurada pelo G1, a assessoria de Anderson Silva informou que as campanhas foram planejadas em torno da volta do atleta ao octógono e que não houve suspensão de contratos.

"A campanha era só até 01/02 [da Budweiser], mas o contrato ainda está em vigor, assim como todos os outros patrocínios que estão sendo mantidos perfeitamente", informou a assessoria do lutador.
“Busco a verdade tanto quanto todos que se surpreenderam com os resultados divulgados. Em 18 anos de carreira, nunca tive problemas com exames. Sempre joguei limpo. Nunca fui trapaceiro”, escreveu o lutador.
Anderson Silva não pediu a contraprova dos dois exames que deram positivo. O primeiro, realizado no dia 9 de janeiro, detectou as substancias dostranolona e androsterona. O segundo, em 31 de janeiro, data da luta contra o americano Nick Diaz, apontou além da dostranolona, as substâncias temazepan e oxazepan. Ele foi suspenso temporariamente.