Visualizador de Visitas

OBRIGADA

terça-feira, 31 de março de 2015

"PRESSIONADA, CUBANA ABANDONA MAIS MÉDICOS E FOGE PARA OS EUA".


A ditadura cubana, a qual continua a ser lamentavelmente apoiada pelo governo federal bolivariano do Brasil, temendo que os médicos que participam do Programa Mais Médicos fujam da ilha comunista com suas famílias, passou a exigir que os familiares desses profissionais voltem imediatamente para Cuba.

A médica cubana Dianelys San Roman Parrado, que estava trabalhando no Brasil e trouxe seu marido e o filho de 5 anos, preferiu fugir com toda família aos EUA a ter de enviar para Cuba seu esposo e filho como garantia de voltar para a Ilha comunista.
A matéria em questão assim diz:

"Pressionada pelo governo de Cuba para que seu marido e seu filho de cinco anos voltassem à ilha, a médica Dianelys San Romam Parrado fugiu para Miami (EUA) no último sábado."

"Conforme revelou a Folha, Cuba tem ameaçado substituí-los ou cassar seus diplomas caso os familiares permaneçam no Brasil.
A medida seria para prevenir eventuais deserções."

AS DITADURAS DE CUBA E DA VENEZUELA CONTINUAM VERGONHOSAMENTE SENDO PROTEGIDA PELO GOVERNO BOLIVARIANO DA PRESIDENTE DILMA E DE SEU PARTIDO (PT), CONTRA O QUAL IREMOS CONTINUAR A LUTAR!


Fonte: Jornal Folha de S. Paulo, 31 de março de 2015, página C4.

INTERNACIONAL: Dos personas heridas deja choque de Cúster contra poste en av. La Marina

Dos personas heridas deja choque de Cúster contra poste en av. La Marina
Dos personas resultaron heridas en un accidente de tránsito ocurrido la madrugada del martes 31 de marzo en el cruce de las avenidas La Marina y Parque de las Leyendas en el distrito de San Miguel.

La camioneta tipo cúster de placa A60-794 de la línea 49 de la empresa Molinero Express, cubría la ruta Cieneguilla-Callao. La unidad de transporte, que iba con sentido de Lima al Callao, chocó contra un poste resultando la parte delantera seriamente dañada.  

El conductor, identificado como César Morales, negó que haya estado manejando a excesiva velocidad indicando que se "le vaciaron los frenos" y para evitar chocar contra otros autos prefirió colisionar contra el poste.


La unidad llevaba no más de tres o cuatro pasajeros, quienes se retiraron a sus hogares por su propia cuenta al no presentar heridas graves.

INTERNACIONAL: Bolivia: Detienen a dos peruanos vinculados al cártel de Tijuana

Bolivia: Detienen a dos peruanos vinculados al cártel de Tijuana

Las policías antinarcóticos de Bolivia y Perú capturaron a dos narcotraficantes peruanos que enviaban droga entre ambos países por vía aérea y con presuntos vínculos con el mexicano cártel de Tijuana, informaron hoy fuentes oficiales.

Los detenidos son Zósimo Teofantes Bermudo Crespo y Percy Ramos Santillán, quienes fueron presentados a los medios en La Paz por el ministro boliviano de Gobierno (Interior), Hugo Moldiz, y el jefe de la Dirección Antidrogas de Perú (Dirandro), general Julio Mercado.

Moldiz destacó en una rueda de prensa que se trata de la captura "más importante en lo que va del año o de los últimos años".

Explicó que los detenidos tienen "una estrecha relación con el cartel de Tijuana", si bien aclaró que esa organización y otras similares no tienen "presencia orgánica" en Bolivia sino que se conoce que envían "emisarios".

Según las autoridades, Bermudo, que tenía hasta tres identidades y una orden de captura internacional por tráfico de drogas, es el cabecilla de una organización que opera en el Valle de los ríos Apurímac, Ene y Mantaro (VRAEM), la principal zona cocalera peruana.

Mercado indicó que esta persona es "responsable del puente aéreo" que el narcotráfico usaba para conectar ambos países.

La operación para capturar a los narcotraficantes comenzó hace tres semanas en la región amazónica de Beni (noreste), fronteriza con Brasil, e incluyó la detención de otras tres personas, cuyas nacionalidades no fueron precisadas.

Uno de los detenidos proporcionó datos para atrapar a los peruanos, quienes operaban en una fábrica de purificación y despacho de cocaína a países vecinos desde el pueblo beniano de San Ramón.

Bolivia y Perú comparten frontera en la zona andina, pero también en la Amazonía, a su vez limítrofe con Brasil, donde supuestamente también funciona un puente de tráfico aéreo para las drogas hacia el territorio brasileño.

Estos dos países, además de Colombia, son los mayores productores mundiales de cocaína, derivado ilegal de la hoja de coca.

La fuerza antinarcóticos boliviana ha decomisado 9,15 toneladas de cocaína y 12,1 toneladas de marihuana en lo que va de año, según datos oficiales.

Curso de Linguagem e Estruturação Musical abre seleção em Petrolina, PE

Estão abertas as inscrições para o curso Linguagem e Estruturação Musical, na modalidade Formação Inicial e Continuada (FIC), em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas, até o dia 2 de abril, presencialmente no campus Petrolina do Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE).
A classificação dos candidatos vai acontecer por ordem de inscrição. O resultado da seleção está previsto para ser divulgado no dia 7 de abril, no mural do campus e no site da instituição. A carga horária é de 80 horas. Outras informações sobre o processo seletivo estão disponíveis no editalSegundo o coordenador do curso de Licenciatura em Música do IF Sertão-PE, Alan Barbosa, no total, estão disponíveis 50 vagas, 40 para os aprovados no teste de certificação em música que aconteceu em janeiro e 10 para músicos da comunidade externa.

As aulas terão início no dia 10 de abril e vão acontecer às segundas e sextas-feiras, das 10h45 às 12h15. O campus Petrolina do IF Sertão-PE, fica localizado no Km 8 da BR-407, s/n, no bairro Jardim São Paulo, Zona Norte da cidade. O horário de atendimento é das 8h às 20h.

Cinco crianças são vítimas de espancamento pelo pai em Petrolina

Cinco crianças entre 4 e 9 anos de idade foram levadas para o Hospital Universitário de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, neste domingo (29). Elas foram vítimas de espancamento e o suspeito é o próprio pai. O crime aconteceu na Vila 12, na Zona Rural.
Uma das vítimas é enteada do agressor, de 33 anos. Ele foi algemado para a Delegacia de Polícia Civil pela denúncia de maus tratos. A prisão ocorreu no final da tarde.
Segundo o Conselho Tutelar, as crianças estavam assustadas e machucadas. “Uma delas, a mais velha, está muito debilitada, porque ele bateu muito na cabeça dela com uma cadeira de ferro, pelo que ela informou”, afirmou a conselheira, Talita Andrade.
As vítimas foram levadas para o Instituto Médico Legal (IML) para realização de exame traumatológico. “Elas serão acolhidas em uma casa de apoio até fazermos uma busca da mãe ou da avó, pois inicialmente não temos nenhuma informação sobre familiares das crianças”, disse.

Violência não para de crescer em Petrolina-PE, Duplos Assassinatos no Residencial Nova Vida I

Dois homens assassinados nesta noite de segunda-feira no Residencia Nova-Vida Um
Dois homens assassinados nesta noite de segunda-feira no Residencia Nova-Vida I
A Polícia militar foi chamada com urgência ao Residencial Nova-Vida I, próximo ao João de Deus  por volta das 19 horas desta segunda-feira(30).
A informação é que ali foram assassinados dois homens. A polícia chegou ao local e confirmou  a veridicidade do fato.
Dois homens foram assassinados na  Rua Flamboyant  onde estavam próximos as suas casas. Dois homens em uma moto chegaram  ao local já atirando. Morreram Emerson Nascimento de Souza, 33 anos, pedreiro. Ele estava bebendo na calçada de sua residência  quando foi almejado ao lado de João de Deus Alves, conhecido como Cebolinha, vigilante da empresa Mavel que deixou esposa e dois filhos.
A polícia esteve  no local colhendo as informações e os corpos foram encaminhados para Instituto de Medina Legal.
Com estes dois assassinatos  sobem para 35 o número de mortes somente nestes primeiros meses de 2013.

Passageiros de voo desviado após ameaça de bomba chegam ao Brasil

O reencontro de Ahmad e namorada (Foto: Paulo Toledo Piza/G1)
O reencontro de Ahmad Jarrah, um dos primeiros a desembarcar, com a namorada 
Os passageiros do avião da Turkish Airlines que foi desviado após ameça de bomba em Casablanca, Marrocos, se disseram aliviados com o retorno ao Brasil.

A aeronave, que seguia de Istambul, na Turquia, para o aeroporto de Guarulhos, Grande São Paulo, teve de fazer um pouso de emergência no país africano depois que a tripulação encontrou um bilhete deixado no banheiro com a palavra bomba.

Um dos primeiros a desembarcar foi o jovem Ahmad Jarrah, de 21 anos. "Alívio e uma boa sensação de estar com quem a gente ama", disse, logo depois de abraçar a namorada, Jessica Aquino, de 18 anos.

O rapaz foi morar no Líbano e por lá ficou durante dois meses. Por não aguentar mais de saudade, decidiu voltar para o Brasil. Para bancar a passagem, amigos dele juntaram dinheiro e compraram a paragem de retorno.

Ele e outros passageiros relataram que, durante o primeiro voo, a tripulação só informou que houve um problema técnico, sem relatar a ameaça. "A gente só ficou sabendo pelo pessoal do próprio avião, por comentários. Mas nada oficial. Eles fizeram o correto", disse Ahmad.

Viagem tranquila

Os passageiros elogiaram o profissionalismo da tripulação e disseram que a não divulgação da ameaça foi fundamental para a tranquilidade da viagem. "Todo mundo dormiu no avião. Estava muito calmo", afirmou Joel Anderson, empresário de 52 anos. "Mas a melhor parte da viagem foi o retorno ao Brasil."
Economista chileno Francisco Morti ficou surpreso com o real motivo da conexão no Marrocos (Foto: Paulo Toledo Piza/G1)
Economista Chileno
O economista chileno Francisco Morti só ficou sabendo do ocorrido quando desceu em São Paulo. "Pensei que tinha algo errado com alguém no avião", afirmou, surpreso com o real motivo da "conexão" no Marrocos.
Diretor geral da companhia área, Atagun Kutlyuksel afirmou que a tripulação fez bem ao não relatar a ameaça de bomba. "Explicaram o quanto acharam que deviam explicar", afirmou. "Foi apenas uma pousada de mau gosto."
Diretor geral da companhia área, Atagun Kutlyuksel  (Foto: Paulo Toledo Piza/G1)
Diretor Geral da Companhia Atagun Kutlyuksel
Ele disse que o bilhete com a palavra "bomba", encontrado em um dos banheiros da aeronave, estava escrito em turco.
Após pousar em Cumbica, o avião seguiu de São Paulo para Buenos Aires, na Argentina.
Desvio para Casablanca
O avião da Turkish Airlines que saiu de Istambul, na Turquia, com destino a São Paulo, desviou sua rota para Casablanca, no Marrocos, depois de declarar emergência por conta de uma ameaça de bomba, disse uma porta-voz da companhia nesta segunda-feira (30). Ele pousou em segurança por volta das 9h30 de Brasília.
O voo decolou às 10h18 de Istambul (4h18 de Brasília). Segundo a "CNN Turk", quando a aeronave chegou ao Norte da África, a tripulação pediu autorização para um pouso de emergência e foi direcionada para Casablanca.Segundo a imprensa turca, a companhia aérea informou que o alerta ocorreu após um bilhete com a palavra “bomba” ter sido encontrado em um dos banheiros da aeronave. Isso aconteceu logo após a decolagem. Segundo a empresa, "a ameaça não era verdadeira".
Os passageiros desembarcaram após o pouso e foram levados para as dependências do aeroporto antes da entrada de uma equipe do esquadrão antibombas na aeronave. Segundo um comunicado da empresa, "Os passageiros estão sendo reconduzidos ao embarque. O voo continuará a rota para São Paulo, assim que os serviços de limpeza e reabastecimento da aeronave forem concluídos"
Passageiros desceram da aeronave e ficaram em fila na pista enquanto avião era revistado (Foto: Reprodução/Twitter/Sergio Santos)
Passageiros em Fila na Pista
Segundo a companhia aérea, é procedimento padrão realizar um pouso de emergência em casos como este. O avião, um Boeing 777, levava 256 passageiros.
Procurada, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) disse não ter informações sobre o voo desviado. Autoridades do aeroporto de Casablanca disseram que o local operava normalmente, e os pousos e decolagens não foram afetados.
A assessoria da imprensa da Turkish Airlines no Brasil divulgou o seguinte comunicado:
"O voo TK-15, da Turkish Airlines, proveniente de Istambul para o aeroporto de Guarulhos, em São Paulo (B777), com 256 passageiros a bordo, foi desviado esta manhã para o aeroporto Internacional Mohammed V (CMN), em Casabranca (Marrocos), após uma ameaça de bomba.
A investigação na aeronave acaba de ser concluída tendo esclarecido que a ameaça não era verdadeira.
Os passageiros estão sendo reconduzidos ao embarque. O voo continuará a rota para São Paulo, assim que os serviços de limpeza e reabastecimento da aeronave forem concluídos."

Argentina inicia paralisação de 24 horas contra impostos

A greve geral de 24 horas liderada pelo setor dos transportes contra o aumento de impostos na Argantina teve início no primeiro minuto desta terça-feira (31), mas só deverá provocar reflexos pela manhã.
A paralisação de um dia foi convocada para pedir a redução ou a eliminação de um imposto aplicado sobre os salários.
O jornal “Clarín” dá como certa greve total nos transportes coletivos, como ônibus, metrô e trens, e também no serviço de caminhões. Os taxistas aderiram à paralisação parcialmente. O movimento afetará também a aviação comercial e de cargas. Segundo a Federação Marítima e Portuária, não haverá atividade nos portos.
Ponto de ônibus de Buenos Aires vazio, no primeiro dia de greve nacional na Argentina (Foto: Reuters)
O protesto deverá frear ainda os serviços de abastecimento de combustíveis, recolhimento de lixo, além dos setores médico, bancário e de alimentação, entre outros.
Devido à greve, as companhias aéreas TAM, GOL e LAN CHILE  anunciaram, na segunda-feira (30), o cancelamento dos voos procedentes e para a Argentina.
Um balanço vai ser divulgado pelos sindicatos que lideram as paralisações por volta de meio-dia. Outro balanço será finalizado no final da tarde desta terça.
Partidos de esquerda anunciaram que tentarão formar piquetes em acessos à capital federal, mas sem contar com o apoio dos sindicatos convocadores, que não farão comícios e passeatas.
Imposto
O governo diz que o aumento nos impostos é necessário. O chefe de Gabinete, Aníbal Fernández, criticou nesta segunda os grevistas. “Que país lindo seria se não houvesse nenhum imposto! Mas isso é impensável. Este imposto é cobrado no mundo todo”.

O imposto é aplicado progressivamente sobre os salários superiores a 15.000 pesos (US$ 1.700) até uma alíquota máxima de 35%.Segundo o ministro da Economia, Axel Kicillof, o imposto não será modificado por que “afeta uma minoria que ganha mais”, cerca de 850 mil trabalhadores sobre uma força de 11 milhões de assalariados, segundo estimativas oficiais.
No fim do ano passado, o governo conseguiu que os sindicatos suspendessem uma greve parecida, ao anunciar que o rendimento médio de dezembro seria isento de imposto de renda.
O governo se reuniu nesta segunda-feira com empresários do transporte para obter a garantia de um serviço mínimo, sob a ameaça de sanções. Mas os sindicatos responderam com dureza contra o que entenderam como uma provocação e anunciaram que, se suas demandas não forem atendidas, será feita uma nova greve, desta vez por 36 horas.
“Precisamos de um espaço para o diálogo. E se continuarem com as provocações e sem dar respostas às reclamações, as medidas de força vão aumentar”, afirmou o líder do sindicato de caminhoneiros e integrante de uma central trabalhista opositora, Hugo Moyano.

Reajuste dos preços de remédios poderá ser de até 7,7%, diz governo

Ana Paula guarda medicamentos para emergências em Ribeirão Bonito (Foto: Rodrigo Sargaço/EPTV)
Os remédios poderão ficar mais caros a partir desta terça-feira (31) em todo o país. A Câmara de Regulação do Mercado de Medicamento (CMED) fixou em até 7,7% o ajuste máximo permitido este ano aos fabricantes na definição do preço dos medicamentos.
A decisão foi publicada no "Diário Oficial da União" desta terça-feira.
A regulação é válida para um universo de mais de 9.000 medicamentos e os ajustes são autorizados em três níveis, conforme o perfil de concorrência dos produtos.
O nível 1, que tem o maior percentual de reajuste, inclui remédios como omeprazol (gastrite e úlcera); amoxicilina (antibiótico para infecções urinárias e respiratórias). No nível 2, cujo percentual é de 6,35%, estão, por exemplo, lidocaína (anestésico local) e nistatina (antifúngico). No nível 3, que tem o menor índice de aumento, 5%, ficarão mais caros medicamentos como ritalina (tratamento do déficit de atenção e hiperatividade) e stelara (psoríase).
A autorização para reajuste leva em consideração três faixas de medicamento, com mais ou menos participações de genéricos. O reajuste segue a lógica de que nas categorias com mais genéricos a concorrência é maior e, portanto, o reajuste autorizado pode ser maior.
O ajuste de preços considera a inflação acumulada em 12 meses até fevereiro, calculada pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), e que ficou em 7,7%. Em 2014, o reajuste máximo autorizado foi de 5,68%.

Aéreas cancelam na terça-feira voos para Argentina devido a greve geral

As companhias aéreas TAM e Gol informaram que vão cancelar seus voos para a Argentina devido à paralisação geral prevista para ocorrer no país nesta terça-feira (31), mobilizada pelos serviços de transportes. Os voos voltam a operar normalmente na quarta (1º).
No posto da Aerolíneas Argentinas no Aeroporto de Guarulhos foi informado, por telefone, que a companhia também não vai operar voos do Brasil para a Argentina nesta terça devido à paralisação. A companhia informa que os passageiros poderão remarcar suas passagens para datas até o dia 30 de junho deste ano sem pagar taxas ou diferença na tarifa.
A greve acontece em meio a tensões entre o governo argentino e sindicatos da oposição, informou a agência EFE. A paralisação foi convocada para pedir a redução ou a eliminação de um imposto aplicado sobre os salários e servirá para medir forças antes do início das negociações salariais com empresas, informa a France Presse.
A greve ameaça parar o país com a interrupção do transporte público de ônibus, trens, metrôs, aviação comercial, transporte fluvial e de cargas. Também aderiram os setores médico, bancário e de alimentos, entre outros.
Cancelamentos

A TAM informou que vai cancelar 19 voos para os aeroportos de Córdoba, Rosário e Buenos Aires (Ezeiza e Aeroparque), todos na Argentina. Os clientes que tiverem voos afetados podem remarcar a data da viagem para os próximos 15 dias sem qualquer custo, de acordo com a disponibilidade de assentos.

A companhia também permitirá que o passageiro faça a mudança do destino, sem multas, sujeito às diferenças tarifárias correspondentes. Para isso, no Brasil, os clientes devem entrar em contato com a Central de Atendimento pelo telefone 4002-5700 (capitais) e 0300-570-5700 (demais localidades). Na Argentina, o telefone é 0810-333-3333.
A Gol informou que seis voos previstos para esta terça-feira foram cancelados e que os clientes impactados estão sendo contatados pela companhia para reacomodação em outros voos.
A companhia orienta os passageiros de voos que partem ou seguem para o Aeroporto de Aeroparque – que deverá ter suas atividades paralisadas –, a entrarem em contato pelo telefone 0800 704 0465, no Brasil, ou 0810 2663 131, na Argentina.
No caso da Aerolíneas Argetinas, os telefones para remarcação são 0800-000-5050 (Brasil) e 0810-222-86527 (Argetina).
Greve geral

Os sindicatos são contra o imposto progressivo sobre os salários, que têm alcançado um número cada vez maior de trabalhadores. O imposto se aplica sobre os salários a partir de 15.000 pesos (aproximadamente US$ 1.700) em escalas progressivas que chegam a 35%.

O ministro da Economia, Axel Kicillof, antecipou no final de semana que o imposto não será modificado porque "afeta uma minoria que ganha mais", cerca de 850 mil trabalhadores dentro de um total de 11 milhões de assalariados, segundo estimativas oficiais.

A última greve geral no país  aconteceu em agosto do ano passado, quando sindicatos opositores ao governo de Cristina Kirchner fizeram uma paralisação de 36 horas em protesto contra as políticas do governo.

Veja abaixo a lista de voos da TAM que serão afetados:
Voos da TAM para a Argentina (Foto: TAM/Divulgação)Voos da TAM para a Argentina que serão cancelados nesta terça-feira (Foto: TAM/Divulgação)

Veja a rotina dos profissionais com as vistas mais bonitas do Rio;

Já imaginou se seu escritório fosse no topo do Morro Dois Irmãos, com a vista dos principais cartões postais do Rio? Ou se a sua rotina de trabalho incluísse a praia de Copacabana e todo o luxo da pérgula da piscina do hotel Copacabana Palace? Para homenagear os 450 da cidade, acompanhe a rotina de quatro profissionais que trabalham em locais que nada de assemelham com os escritórios tradicionais.
Ana Lima na trilha do Dois Irmãos (Foto: Reprodução / G1)Ana na trilha do Dois Irmãos 
Ana Lima, guia na trilha do Dois Irmãos, deixou para trás a carreira de administração para se dedicar ao turismo. Moradora do Vidigal, comunidade da Zona Sul do Rio com uma vista de tirar o fôlego, ela promove passeios para turistas e cariocas que desejam fazer a trilha até o topo da pedra.
"O passeio começa na Avenida Niemeyer, depois subimos pelo Vidigal até o topo do Morro Dois Irmãos. Na volta, passamos por dentro da comunidade, conhecemos um pouco da arte e das comidas típicas. O bom da minha profissão é poder lidar com pessoas, com vários sotaques, e conhecer gente nova a cada dia", conta.
Joel Fonseca é salva-vidas no Copacabana Palace (Foto: Reprodução / G1)Joel Fonseca trabalha na piscina do Copacabana
Palace 
Aperto de mão de Mick Jagger
Joel Fonseca passou a vida toda trabalhando de bermuda, longe do terno e da gravata. Há mais de 10 anos, sua função é de salva-vidas na piscina do tradicional hotel Copacabana Palace, onde também faz serviços gerais.

"Eu cuido dos hóspedes na piscina, arrumo cadeiras perto do sol ou na sombra, e também faço o serviço na praia. Levo toalha gelada, suco...", explica.
Acostumado a lidar com celebridades, o salva-vidas se orgulha de poder conhecer de perto astros que uma multidão de fãs faria de tudo para conseguir. "O Mick Jagger, dos Rolling Stones, já esteve aqui, apertou a minha mão. Isso é muito bom, né?!".
35 anos de Pão de Açúcar
Jorge Antônio da Cunha, jardineiro no topo das estações do Bondinho do Pão de Açúcar, tem uma vista privilegiada do Rio há 35 anos. Cuida das plantas, faz poda de árvores, planta novos vasos e é atração também para os turistas que visitam o local.

Jorge é jardineiro do Pão de Açúcar (Foto: Reprodução / G1)Jorge é jardineiro do Pão de Açúcar
"Tem turista que pede para tirar foto e eu digo: 'pode sacar foto, não tem problema não''', contou, mostrando intimidade com o "portunhol".
Para Jorge, apesar do tempo de serviço, a vista da cidade é diferente a cada vez. "Tem dia que o mar está verde, como as plantas. Em outros, ele  azul, como o céu. Eu acabei me apaixonando por esse lugar. É encantador."
Adrenalina na profissão
Geneton Souza, alpinista na Torre do Rio Sul, se diz um apaixonado pela vista no alto do prédio de 44 andares em Botafogo, na Zona Sul. Faz limpeza de vidros, jateamento e colocação de novas janelas. Segundo ele, o medo é passageiro e a adrenalina é uma espécie de combustível para quem escolhe essa profissão.

"Medo todo mundo tem, mas acostuma. Eu escolhi essa profissão porque eu sempre gostei de altura e da adrenalina. O alpinismo é a minha vida e o nosso escritório é o melhor por causa dessa vista toda", conta.
Alpinista Geneton Souza trabalha na Torre do Rio Sul (Foto: Reprodução / G1)Alpinista Geneton Souza trabalha na Torre do Rio Sul 

Venda de ingressos para os Jogos Rio 2016 começa nesta terça-feira

Mascote das Olimpíadas dá uma volta no bondinho do Pão de Açúcar (Foto: Alex Ferro / Rio 2016 / Divulgação)
A venda de ingressos na internet para as Olimpíadas de 2016 no Rio começa nesta terça-feira (31), às 14h. Das 7,5 milhões de entradas, 70% delas são reservadas para brasileiros (veja nos links abaixo como comprar).
Os bilhetes vão de R$ 70, com opção de meia-entrada e os ingressos podem ser parcelados em até cinco vezes. O mais caro, de R$ 4,6 mil, é o da cerimônia de abertura, em 5 de agosto, no Maracanã.
O futebol é o único esporte com mais de uma sede. Haverá partidas no Rio, em São Paulo, em Belo Horizonte, em Salvador, em Brasília e Manaus. Os ingressos para os jogos de São Paulo não estarão disponíveis porque a prefeitura ainda não assinou o contrato com o comitê organizador.

Namorado corta cabeça de grávida e posta foto no Facebook

Jovem que confessou decaptação admitiu crime em conversa no Messenger, segundo amiga. (Foto: Reprodução/Facebook)
O homem que decapitou a namorada grávida na última quinta-feira (26) postou a foto da cabeça dela no Facebook dois dias depois de cometer o crime na Zona Sul de São Paulo. A adolescente tinha 16 anos.

Em seguida, José Ramos dos Santos, de 23 anos, levou a cabeça de Shirley Souza até uma delegacia do Centro da capital paulista, onde se entregou ainda no sábado (28).

A vítima estava grávida de sete meses, mas o assassino desconfiava que o bebê não fosse dele. Então resolveu matá-la, alegando que Shirley revelou que o traiu com um amigo do casal. Segundo amigas da adolescente, ela já havia sido ameaçada de morte por José. Vizinhos falaram, no entando, que a suposta traição era um boato

O assassinato ocorreu na comunidade carente de Pedreira. O desempregado está preso desde a noite do último sábado, quando se entregou no 1º Distrito Policial (DP), na Sé, onde convessou o crime ao abrir a mochila e mostrar a cabeça de Shirley, que guardava com ele.

Mas antes de ir até a delegacia, José publicou naquele mesmo dia, na sua página pessoal no Facebook, a foto da cabeça de Shirley com a seguinte descrição: “Traição da nisso...mentiras...odeio”, escreveu horas depois de saber que vizinhos haviam encontrado o corpo da adolescente.
G1 teve acesso à cópia da página com a foto antes que o assassino a apagasse. Nas imagens copiadas pelas amigas da vítima estão também fotomontagens com o rosto de Shirley ao lado do suposto amante dela, com a inscrição: “mim traiu na vespera de natal”.

A equipe de reportagem manteve o teor original do que José escreveu. Na sua rede social, ele aparece como Zél Past Troubled (algo como Zél Passado Atribulado, numa tradução livre do inglês para o português).

A foto que usa para se identificar não é a dele, mas a do personagem do filme americano Jogos Mortais (Saw, no título original). Na história de terror e suspense, um serial killer usa uma máscara e tortura suas vítimas, sempre cortando uma parte do corpo delas.

também teve acesso a conversa pelo  aplicativo de celular WhatsApp que amigas de Shirley tiveram com José, momentos antes dele se entregar no 1º DP. Num dos trechos das mensagens, uma amiga pergunta onde está a adolescente e o desempregado responde: "matei ela agora ela vai mim trai no inferno".

“Ela me traiu”, voltou a repetir José aos jornalistas que acompanharam a transferência dele do 1º DP para 8º DP, Brás, onde o caso foi registrado como homicídio qualificado. Depois, ele foi levado para o 77º DP, Santa Cecília, onde cumpre prisão temporária.
“Por um lado sim, por outro não”, respondeu quando foi questionado pela imprensa se estava arrependido de ter matado a namorada.  Não conseguiu localizar José ou algum advogado dele para comentar o assunto nesta segunda-feira (30).

Ciumento e possessivo
Shirley não gostava de Facebok e mesmo que quisesse era impedida por José de ter uma página na web. A afirmação é de uma das melhores amigas da vítima. “Ele é muito ciumento e doente”, disse a estudante.
Traição da nisso...mentiras...odeio"
José Ramos dos Santos, ao postar no Facebook foto da cabeça da namorada
Segundo ela, José agrediiu Shirley durante as discussões do casal após ele desconfiar que ela o traiu. “Ele acreditou em boatos que ela tinha um caso com um menino de onde a gente mora, mas é mentira. O bebê que ele matou dentro da minha amiga era dele com ela”, afirmou.

“Ele já havia batido nela, e ameaçado matá-la, cortando a cabeça dela para mostrar para todos verem, mas nunca achei que faria isso”, lamentou a amiga de Shirley, que, assim como a vítima, tem 16 anos.

A jovem disse que, mesmo diante das ameaças, Shirley não quis registrar um boletim de ocorrência contra José. “O namorado dela falava que já havia matado um bando de gente antes”. Apesar dessa declaração, policiais do 98º DP, Jardim Miriam, que investigam o caso, disseram que o desempregado não tinha passagens criminais anteriores.

Amigas de Shirley falaram ao G1 que José é viciado em drogas ao ponto de se tornar violento. Ele próprio admitiu em depoimento à Polícia Civil que soube da suposta traição da namorada quando fazia uso de entorpecente. “Shirley, acreditando que José estava sob o efeito da droga, falava sobre relacionamentos que mantinha com outros homens”, relatou no boletim de ocorrência.
·          
Shirley e suposto amante, em fotomontagem feita por José no Facebook dele (Foto: Reprodução/ Arquivo pessoal) 
Vizinhos

O crime surpreendeu vizinhos da viela próxima à Rua Manuel Rodrigues Mexelhão, onde moravam Shirley e José.

Segundo eles, os dois se conheceram porque a mãe da adolescente se casou com o pai do rapaz.

“Foram criados como irmãos desde pequeninhos, mas aí se apaixonaram e passaram a viver como casal”, disse o desempregado Valdir Galdino da Silva, de 56 anos, que não acredita que a garota tenha traído José. “Ela não seria capaz disso. Gostava muito dele, tanto que ficou grávida dele, né?”.

O crime

Segundo a investigação policial, José contou que matou Shirley na casa de seu irmão na noite de quinta-feira. Eles se encontraram, tiveram relações sexuais e discutiram por causa da possível traição.

José disse que a desconfiança aumentou após a mulher engravidar, pois ele disse ter visto na carteirinha de saúde dela que sua última menstruação foi em agosto, quando o casal estava separado. Após insistir, ela então teria confessado ter se relacionado com um amigo do casal às vésperas do Natal e do Ano Novo, segundo a versão do assassino.

Quando a adolescente se preparava para tomar banho, ele aplicou uma 'gravata' até ela desmaiar. Ao perceber que a companheira estava morta, foi até a cozinha, pegou uma faca e decapitou a vítima.

Em seguida, enrolou o corpo da jovem em um edredom, amarrou o tronco e os pés e o escondeu atrás de um botijão de gás. A casa foi limpa para que o irmão não desconfiasse. Com o passar do tempo, o cadáver começou a cheirar mal e José decidiu levá-lo para a viela, onde o corpo foi encontrado por moradores.

Ao descobrir que a adolescente havia sido achada, ele percorreu 30 quilômetros em dois ônibus e foi até a delegacia, onde se apresentou à polícia e foi detido em flagrante.


segunda-feira, 30 de março de 2015

Matéria de Capa - Água, escassez e soluções


Passageiros da Turkish não souberam de ameaça, diz irmão de brasileira

Passageiros da Turkish Airlines desembarcaram sem saber da ameaça de bomba (Foto: Reprodução/Twitter/Sergio Santos)
Os passageiros do voo da Turkish Airlines que seguia de Istambul para São Paulo e teve a rota desviada para Casablana, no Marrocos, nesta segunda-feira (30), tiveram de descer da aeronave sem saber da ameaça de bomba, segundo Sérgio Santos, irmão de uma das passageiras do voo. "Ela só soube por mim, quando falamos pelos WhatsApp", disse Santos ao G1. Segundo ele, a irmã e o marido já reembarcaram com os demais passageiros e devem chegar à noite ao Aeroporto Internacional de Guarulhos.
Segundo a companhia aérea, "a investigação na aeronave acaba de ser concluída tendo esclarecido que a ameaça não era verdadeira".
O administrador de rede postou na sua conta no Twitter as fotos enviadas pela irmã direto da pista do aeroporto de Casablanca. "Ela me relatou que o avião foi evacuado, tinha equipes de segurança e muita polícia por lá. Quem desembarcou não recebeu nenhuma informação. O avião ficou em uma área mais afastada da pista", disse ele.
Passageiros tiveram de ficar na pista com seus pertences (Foto: Reprodução/Twitter/Sergio Santos)
Santos contou que a irmã e o marido foram para a Turquia de férias, e estão voltando para São Paulo. "Devem chegar na noite desta segunda-feira. Já estão embarcando. Receberam lanche e foram levados para a aeronave."
O avião da Turkish Airlines que saiu de Istambul, na Turquia, com destino a São Paulo desviou sua rota para Casablanca, no Marrocos, depois de declarar emergência por conta de uma ameaça de bomba, disse uma porta-voz da companhia nesta segunda-feira (30). Ele pousou em segurança por volta das 9h30 de Brasília.


O voo decolou às 10h18 de Istambul (4h18 de Brasília). Segundo a "CNN Turk", quando a aeronave chegou ao Norte da África, a tripulação pediu autorização para um pouso de emergência e foi direcionada para Casablanca.Segundo a imprensa turca, a companhia aérea informou que o alerta ocorreu após um bilhete com a palavra “bomba” ter sido encontrado em um dos banheiros da aeronave. Isso aconteceu logo após a decolagem. Segundo a empresa, "a ameaça não era verdadeira".

Os passageiros desembarcaram após o pouso e foram levados para as dependências do aeroporto antes da entrada de uma equipe do esquadrão antibombas na aeronave. Segundo um comunicado da empresa, "Os passageiros estão sendo reconduzidos ao embarque. O voo continuará a rota para São Paulo, assim que os serviços de limpeza e reabastecimento da aeronave forem concluídos"
Passageiros desceram da aeronave e ficaram em fila na pista enquanto avião era revistado (Foto: Reprodução/Twitter/Sergio Santos)
Segundo a companhia aérea, é procedimento padrão realizar um pouso de emergência em casos como este. O avião, um Boeing 777, levava 256 passageiros.
Procurada, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) disse não ter informações sobre o voo desviado. Autoridades do aeroporto de Casablanca disseram que o local operava normalmente, e os pousos e decolagens não foram afetados.
A assessoria da imprensa da Turkish Airlines no Brasil divulgou o seguinte comunicado:
"O voo TK-15, da Turkish Airlines, proveniente de Istambul para o aeroporto de Guarulhos, em São Paulo (B777), com 256 passageiros a bordo, foi desviado esta manhã para o aeroporto Internacional Mohammed V (CMN), em Casabranca (Marrocos), após uma ameaça de bomba.
A investigação na aeronave acaba de ser concluída tendo esclarecido que a ameaça não era verdadeira.
Os passageiros estão sendo reconduzidos ao embarque. O voo continuará a rota para São Paulo, assim que os serviços de limpeza e reabastecimento da aeronave forem concluídos."
Outro caso
Esta foto tirada por uma passageira mostra os agentes de segurança em Casablanca, no Marrocos (Foto: Reprodução/Twitter/Sergio Santos)
No domingo (29), outro voo da mesma companhia que seguia de Istambul para Tóquio, no Japão, teve que retornar ao aeroporto turco após um bilhete com a mensagem “C-4 Cargo” ter sido encontrado em um dos banheiros. A mensagem fazia menção à presença de explosivos na parte de carga da aeronave.
O aeroporto voltou a Istambul e pousou em segurança três horas após a descolagem. Os passageiros foram levados para o terminal e inspecionados para verificar a presença de explosivos. O avião também foi verificado, mas nada foi encontrado.