Visualizador de Visitas

OBRIGADA

domingo, 28 de maio de 2017

Av 2 - Paradigma da Complexidade e a Aprendizagem Colaborativa

1)
Sobre o Paradigma da Complexidade, podemos afirmar que:

Alternativas:
  • a)
    Embasa-se na reprodução e na repetição de ações dentro de uma visão mecanicista do universo, na qual toda a ênfase do processo de ensino-aprendizagem recai nos valores materiais da vida, no desenvolvimento de habilidades e produtos.
  • b)
    O aluno é visto como tabula rasa, a escola desconsidera o seu conhecimento empírico. É uma aluno acostumado a obedecer, não exerce o direito de pensar e não se percebe como agente de mudanças.
  • c)
    Possibilita reconstruir a ação docente, com foco na aprendizagem significativa, combatendo a educação baseada na mera transmissão de saberes, levando o aluno a questionar a realidade em que vive e combatendo a fragmentação em todas as esferas da vida.
    Alternativa assinalada
  • d)
    É classificado como conservador e ainda exerce forte influência na educação brasileira.
  • e)
    A proposta de ensino é enciclopédica e humanista, com base na transmissão da cultura geral e no conhecimento historicamente acumulado, possibilitando o preparo intelectual do aluno para viver em sociedade. Nessa perspectiva, os conteúdos apresentam um fim em si mesmo.
2)
O Paradigma da Complexidade pode ser chamado também de:

Alternativas:
  • a)
    Escolanovista e Tecnológico.
  • b)
    Emergente e Inovador.
    Alternativa assinalada
  • c)
    Escolanovista e Emergente.
  • d)
    Conservador e Inovador.
  • e)
    Tecnológico e Emergente.
3)
Qual das alternativas abaixo NÃO corresponde a uma maneira de efetivar o processo ensino/aprendizagem com base no Paradigma da Complexidade?

Alternativas:
  • a)
    Investir na pesquisa e construção de textos pelos alunos.
  • b)
    Trabalhar no âmbito coletivo com responsabilidades definidas.
  • c)
    Proporcionar atividades diferenciadas e desafiadoras, que estimulem a criticidade, colaboração, imaginação e criatividade.
  • d)
    Inserir o professor no centro do processo como aquele que tem como função trasnmitir o conhecimento.
    Alternativa assinalada
  • e)
    Buscar resultados consensuais e discussões coletivas
4)
Segundo Saviani (2003, p. 103):
"A Pedagogia Crítica implica a clareza dos determinantes sociais da educação, a compreensão do grau em que as contradições da sociedade marcam a educação e, consequentemente, como é preciso se posicionar diante dessas contradições e desenreda a educação das visões ambíguas, para perceber claramente qual é a direção que cabe imprimir à questão educacional."
A partir do anunciado pelo autor, assinale a alternativa que atende à sua visão:

Alternativas:
  • a)
    A reprodução do conhecimento e o mecanicismo são duas de suas características principais.
  • b)
    O professor deve ser, essencialmente, um difusor da cultura da classe dominante.
  • c)
    De acordo com o autor, este tipo de educação tem função disciplinadora, ou seja, promover uma nova ordem social e classificar os indivíduos de acordo com suas habilidades inatas.
  • d)
    Essa pedagogia valoriza a experiência do aluno, favorecendo que ele confronte seus saberes com os saberes científicos, construindo novos saberes.
    Alternativa assinalada
  • e)
    A valorização do biológico sobre o social são os pressupostos dessa pedagogia.
5)
Assinale a alternativa cuja característica NÃO corresponde à Aprendizagem Colaborativa:

Alternativas:
  • a)
    Cada sujeito precisa se responsabilizar pelo próprio aprendizado, porque todos têm as mesmas oportunidades.
    Alternativa assinalada
  • b)
    Demanda que haja esforços de cada aluno/sujeito para que os demais alcancem a meta prevista.
  • c)
    Cada sujeito assume a aprendizagem dos demais sujeitos do grupo, pois devem aprender juntos para depois atuarem individualmente.
  • d)
    Para um bom desempenho do grupo colaborativo, é necessário que os alunos/sujeitos aprendam determinadas habilidades sociais.
  • e)
    É importante que o grupo reflita sobre seu próprio funcionamento e determine quais ações individuais são úteis e convenientes para todos.

Av 1 - Paradigma da Complexidade e a Aprendizagem Colaborativa

1)
Sobre os Paradigmas em Educação, é incorreto afirmar que:

Alternativas:
  • a)
    Implicam no processo de formação dos professores.
  • b)
    Não interferem nas formas de desenvolver os conteúdos em sala de aula, porque é uma discussão que está presente apenas no meio universitário.
    Alternativa assinalada
  • c)
    São modelos adotados por grupos sociais em um determinado contexto.
  • d)
    Interferem nas crenças e valores das pessoas que atuam na educação.
  • e)
    Refletem as escolhas quanto a forma de trabalhar os conteúdos em sala de aula.
2)
Assinale a resposta incorreta, ou seja, aquela que NÃO expressa a característica do Paradigma indicado:

Alternativas:
  • a)
    Paradigma Normalizador: Saberes rigorosamente classificados em disciplinas.
  • b)
    Paradigma Academicista: O conhecimento fornecido através do professor especialista em uma área ou disciplina é reproduzido pelo aluno sem alterações, através dos diferentes recursos que o utiliza.
  • c)
    Pradigma do Escolanovismo: Se apoia fundamentalmente nas correntes do movimento racionalista: Kant; Hegel e as chamadas correntes espiritualistas.
  • d)
    Paradigma Tecnológico: A tecnologia instrucional permite a transferência de informações básicas para a ação, para que aconteça a ação educativa.
  • e)
    Paradigma Academicista: A tecnologia instrucional permite a transferência de informações básicas para a ação, para que aconteça a ação educativa.
    Alternativa assinalada
3)
Assinale a alternativa que NÂO corresponde ao Paradigma Conservador:

Alternativas:
  • a)
    Embasado na reprodução e na repetição de ações.
  • b)
    Valoriza a razão e o intelecto.
  • c)
    Possibilitou a fragmentação da visão de mundo.
  • d)
    Considera a individualidade de cada aluno.
    Alternativa assinalada
  • e)
    A reprodução do conhecimento é uma das suas características.
4)
No que se refere à avaliação, assinale a alternativa que corresponde ao Paradigma Escolanovista:

Alternativas:
  • a)
    Relaciona-se à observação direta e as análises de trabalhos de alunos (sobretudo trabalhos em grupos).
    Alternativa assinalada
  • b)
    Exige respostas prontas e exatas.
  • c)
    Centrado no produto final.
  • d)
    Os alunos devem expressar na prova os conteúdos memorizados.
  • e)
    Não avalia porque cabe ao aluno determinar o que quer aprender.
5)
Assinale a alternativa que expressa como se dá a relação professor-aluno no Paradigma Tecnológico:

Alternativas:
  • a)
    O papel do aluno consiste em executar as atividades de rotina rigorosamente planejadas. O papel do professor consiste na exposição e no direcionamento das atividades de classe e a manutenção da ordem. Os conhecimentos e interesses dos alunos são protagonistas.
  • b)
    O papel do professor não é diretivo, pois coordena a dinâmica geral da classe como líder social e afetivo.
  • c)
    O papel do aluno consiste na realização sistemática das atividades programada. O papel do professor consiste na exposição e direcionamento das atividades de classe. Não se leva em conta os interesses dos alunos. 
    Alternativa assinalada
  • d)
    O professor é o mediador do processo, interferindo para que aos alunos compreenda os conteúdos e utilize-os para interferência na sociedade em que se inserem. O aluno é assim ativo no processo de aprender.
  • e)
    O professor não é diretivo e atua para ajudar o aluno a atingir o próprio objetivo.

sábado, 27 de maio de 2017

Sumiço de jovem no AC completa 2 meses e família diz não ter pistas: ‘estamos impotentes’

Bruno Borges, de 25 anos, desapareceu no dia 27 de março. Buscas completam dois meses neste sábado (27). (Foto: Arquivo pessoal)

A procura pelo estudante de psicologia Bruno Borges, de 25 anos, completou dois meses neste sábado (27). Ele desapareceu no dia 27 de março, após deixar no quarto 14 livros criptografados e uma estátua do filósofo Giordano Bruno (1548-1600). A mãe do jovem, a psicóloga e empresária Denise Borges, diz que a família ainda não possui nenhuma pista sobre o paradeiro.
A mãe conta que costuma enviar e-mails para o filho, uma maneira de tentar manter a esperança de que ele visualize. “Penso que ele pode estar vendo, mas não há nenhuma resposta. Também não teve nenhuma resposta da polícia e estamos esperando. Estamos impotentes. Tem que esperar, não tem outra solução”, complementa.
O secretário adjunto de Polícia Civil, Josemar Portes, reafirma que as investigações continuam sendo feitas, mas ainda não houve progresso em relação à localização de Bruno. Ele acrescenta que a polícia ainda tenta confirmar a hipótese de que o acreano não sofreu nenhum tipo de influência externa para sair de casa.

“As diligências não cessaram e estamos trabalhando. Está cada vez mais improvável de se tratar de um ato de violência, de coação. Vemos que isso está se consolidando, mas não temos ainda a localização concreta dele”, salienta.

“Não quero alimentar mais nenhuma expectativa do dia que ele vai chegar, porque não chegou no aniversário do pai dele, nem no dele. Não vou ficar alimentando expectativa, ficar frustrada e amanhecer mal. Espero mesmo em Deus, não vou botar data. Vou acreditar que Deus mandará ele de volta”, falou.

Trabalho em família

Os 14 livros deixados pelo estudante estão sendo decodificados pela irmã mais velha, Gabriela Borges, de 28 anos, e por um amigo. Athos Borges, patriarca da família, tem procurado uma editora que se interesse em publicar o primeiro volume. Segundo Denise, os exemplares devem ser publicados na ordem sugerida por Bruno.

A leitura de quatro livros, conforme a mãe, ajudaram a entender melhor as ideias do jovem. “Me sinto mais confortada”, acrescentou. Existem livros com mais de 200 páginas. “O assunto abordado é filosofia, questões relacionadas ao conhecimento e teorias que ele vivenciou na prática, estudou e chegou a uma conclusão. É bem interessante”, ressaltou.

Bruno Borges deixou 14 livros criptografados  (Foto: Reprodução/Rede amazônica Acre)

Desaparecimento

A última vez que os parentes viram Bruno, no dia 27 de março, foi durante um almoço de família. O acreano voltou para casa e todos – mãe, pai e irmãos – seguiram o dia normal de trabalho. Mais tarde, o pai dele retornou à residência da família, em Rio Branco, e percebeu que o filho não estava.

A retirada dos móveis do quarto, as inscrições nas paredes, teto e chão, bem como a chegada da estátua de aproximadamente dois metros de altura, ocorreram em um período de 20 dias, tempo em que o quarto ficou trancado e os pais viajavam de férias.Sobre a estátua, o artista plástico Jorge Revisplata, autor da obra, afirmou que fez a entrega no dia 16 de março. Pelo artefato, o artista afirmou ter recebido inicialmente R$ 7 mil e, em seguida, mais R$ 3 mil.

Fonte: G1 Globo

Av1 - Ser Social - Políticas Setoriais e Políticas Setoriais Contemporâneas

1)
A Revolução Industrial aconteceu na Inglaterra na segunda metade do século XVII. Essa revolução não foi um evento singular, mas um processo contínuo que passou por diversas fases envolvendo países diferentes. Qual foi a grande transição que ocorreu neste período?

Alternativas:
  • a)
    A transição de um governo popular para autoritário;
  • b)
    A transição entre o socialismo e capitalismo;
    Alternativa assinalada
  • c)
    A transição de uma região de dominava o poder;
  • d)
    A transição não ocorreu na Inglaterra, e sim nos Estados Unidos;
  • e)
    A transição entre feudalismo e capitalismo;
2)
As nossas cidades são uma malha política. É a água que bebemos, o ar que respiramos, a segurança de nossas ruas, a dignidade de nossos pobres, a saúde de nossos velhos, a educação de nossos jovens e a esperança para nossos grupos minoritários - tudo está em estreita ligação com as decisões políticas tomadas na Prefeitura, na Capital do Estado ou no Distrito Federal". (Karl Deutsch (1970), Política e governo.
A Citação do Cientista Político refere ao conceito de:

Alternativas:
  • a)
    Política;
    Alternativa assinalada
  • b)
    Governo;
  • c)
    Cidade;
  • d)
    Esperança;
  • e)
    Discurso;
3)
A Constituição Federal em seu artigo 204 e a Lei Orgânica de Assistência Social – LOAS em seu artigo 6º definem sobre:

Alternativas:
  • a)
    Autonomia e participação;
  • b)
    Liberdade e Dignidade;
  • c)
    Desenvolvimento e Solidariedade;
  • d)
    Justiça e Cidadania;
  • e)
    Descentralização e Participação;
    Alternativa assinalada
4)
A participação da sociedade civil nos espaços institucionais de Controle Social consiste desde o debate para a definição das ações das políticas sociais a serem implantadas ou implementadas até o acompanhamento e a avaliação da forma desta implantação. Os espaços mais conhecidos para o exercício do poder da população são:

Alternativas:
  • a)
     As ações populares;
  • b)
    Os Conselhos Gestores de Políticas Sociais;
    Alternativa assinalada
  • c)
    Procons;
  • d)
    Ministérios Públicos;
  • e)
    Secretárias Municipais de Gestores;
5)
O Conjunto integrado de ações de iniciativa dos poderes públicos e da sociedade, destinadas a assegurar os direitos relativos à saúde, à previdência e à assistência social refere a qual conceito definido na Constituição Federal de 1988?

Alternativas:
  • a)
    Política Social;
  • b)
    Segurança Social;
  • c)
    Proteção Social;
  • d)
    Conceito de Previdência social;
  • e)
    Conceito de Seguridade Social;
    Alternativa assinalada

Av2 - Ser Social - Políticas Setoriais e Políticas Setoriais Contemporâneas

1)
O Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua apresentou-se ao Brasil pela primeira vez em meados da década de 80 como uma entidade civil sem fins lucrativos que, de forma autônoma, e composta por educadores, ativistas e colaboradores voluntários, lutavam pela construção e garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes. O principal objetivo deste movimento foi:

Alternativas:
  • a)
    Lutar pelo fim da ditadura militar e pelo regime democrático;
  • b)
    Defesa do voto feminino e de adolescentes;
  • c)
    Criação de uma lei que garanta direitos de crianças e adolescestes;
    Alternativa assinalada
  • d)
    Pela defesa e redução da idade penal;
  • e)
    Pelos interesses das crianças e adolescentes brasileiras;
2)
O Serviço que desenvolve um trabalho de caráter continuado que visa a fortalecimento da função de protetiva das famílias, prevenindo a ruptura de laços, promovendo o acesso e usufruto de direitos e contribuindo para a melhoria da qualidade de vida, é:

Alternativas:
  • a)
    O Centro de Referência de Assistência Social – CRAS;
  • b)
    O Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS;
  • c)
    O Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família – PAIF;
    Alternativa assinalada
  • d)
    O Conselho Tutelar;
  • e)
    Ministério Público;
4)
Os instrumentos essenciais para que possamos exigir o direito que, uma vez declarado, torna-se concreto, ou seja, geram benefícios, serviços, programas, projetos oferecidos pelas políticas sociais, sob a responsabilidade do Estado, ou seja, dos órgãos dos poderes públicos, refere-se:

Alternativas:
  • a)
    As Políticas Sociais;
  • b)
    As Leis;
    Alternativa assinalada
  • c)
    A Sociedade Civil;
  • d)
    Os Órgãos Públicos;
  • e)
    Os Acordos;
6)
Na contramão da implantação dos direitos constitucionais implantou-se no Brasil e em outros países latino-americanos o projeto econômico de dimensões globalizantes. Este projeto privilegiava os assuntos de ordem econômica. Ele não reconhece os direitos sociais, inclusive aqueles recentemente conquistados – duramente conquistados - na Constituição Federal de 1988. Este projeto é:

Alternativas:
  • a)
    Democrático;
  • b)
    Liberal;
  • c)
    Tecnocrático;
  • d)
    Social Democrático;
  • e)
    Neoliberal;
    Alternativa assinalada
7)
São grandes espaços de participação popular da sociedade e poder público, convocados pelos conselhos gestores para avaliar e propor ações das políticas sociais para os próximos anos. Geralmente acontecem a cada dois anos. Este espaço refere a:

Alternativas:
  • a)
    Conferências;
    Alternativa assinalada
  • b)
    Conselho Gestor;
  • c)
    Ministério Público;
  • d)
    Audiência Pública;
  • e)
    Orçamento Participativo;
8)
Existe certo consenso em torno do final do século XIX como período de criação e multiplicação das primeiras legislações e medidas de proteção social, com destaque para a Alemanha e a Inglaterra, após um intenso e polêmico debate entre liberais e reformadores sociais humanistas. Mas quando ocorreu a generalização de medidas de seguridade social no capitalismo?

Alternativas:
  • a)
    No início do Século XX;
  • b)
    No período da Primeira Guerra;
  • c)
    No período pós Segunda Guerra Mundial;
  • d)
    Ao final do Século XIX;
    Alternativa assinalada
  • e)
    No final do Século XX; 
9)
As políticas da Seguridade Social têm como objetivo o amparo aos cidadãos brasileiros em momentos de dificuldades, especialmente em momentos de nascimento, morte, doenças e desempregos. Para acessar os benefícios da Política da Previdência Social qual o critério elementar?

Alternativas:
  • a)
    Ser maior de 18 anos;
  • b)
    Ser cidadão brasileiro;
  • c)
    Estar em situação de vulnerabilidade social;
  • d)
    Ser contribuinte desta política
    Alternativa assinalada
  • e)
    Não ter acessado os benefícios nos ultimo meses;
10)
A proteção social a partir do tripé da seguridade social formada pelas políticas sociais de saúde, previdência e assistência social constituíram-se com a promulgação da Constituição Federal de 1988, que trouxe novas concepções sobre a proteção social no país. Qual a mudança na política de saúde esta última Constituição provocou?

Alternativas:
  • a)
    Universalizou o direito;
    Alternativa assinalada
  • b)
    Exigiu a contribuição previdenciária;
  • c)
    Ampliou o acesso apenas aos necessitados;
  • d)
    Saiu do tripé da Seguridade Social;
  • e)
    Ficou parcialmente universalizado;
11)
O Conceito "Conjunto integrado de ações de iniciativa dos poderes públicos e da sociedade, destinadas a assegurar os direitos relativos à saúde, à previdência e à assistência social", definido na Constituição Federal de 1988, refere ao:

Alternativas:
  • a)
    Conceito de Política Social;
  • b)
    Conceito de Seguridade Social;
    Alternativa assinalada
  • c)
    Conceito de Previdência social;
  • d)
    Proteção Social;
  • e)
    Segurança Social;
12)
É fato que o debate acerca das políticas sociais no Brasil vem ganhando destaque nos últimos anos, além dos avanços na Constituição Federal, qual outro fator suscitou este motivo?

Alternativas:
  • a)
    Os brutais indicadores que traduzem uma sociedade marcada por profundas desigualdades sociais;
    Alternativa assinalada
  • b)
    A preocupação dos gestores municipais, estaduais e federal em criar estratégias para o enfrentamento desta questão;
  • c)
    A cobrança da iniciativa privada, que todo período demonstrou preocupação com este segmento;
  • d)
    Este fato não é real, pois o debate acerca das políticas sociais não ampliou no Brasil neste período;
  • e)
    A pressão da iniciativa privada e da sociedade civil conscientes de suas responsabilidades com a questão social;
13)
Garantir a Assistência Social como um conjunto de serviços, programas, projetos e benefícios que contribua para o processo de inclusão social, de forma descentralizada, participativa e articulada com as demais políticas públicas foi um grande desafio. Qual foi o grande marco da IV Conferência Nacional de Assistência Social realizada em Brasília, em dezembro de 2003?

Alternativas:
  • a)
    A capacitação dos trabalhadores em todos os CRAS e CREAS do país;
  • b)
    A deliberação da construção e implantação do Sistema Único de Assistência Social - SUAS;
    Alternativa assinalada
  • c)
    Elaboração da Tipificação Nacional dos Serviços Socioassistenciais;
  • d)
    A inclusão dos usuários da política de assistência social como participantes nos Conselhos Municipais;
  • e)
    A exclusão da participação dos gestores das Conferências Regionais;